AGUARDE
29 março 2016

6 previsões do Woohoo para o CT 2016

Confira o que a nossa bola de cristal disse sobre o que podemos esperar para essa temporada do CT!

Instigados e inspirados pelas previsões da SurfPortugal, parte da nossa equipe se reuniu e escolheu seis previsões para a temporada 2016 do circuito da elite do surfe mundial. Os caras lá da terrinha acreditam, por exemplo, que o brasileiro Caio Ibelli será o rookie do ano. Além disso, eles foram ousados ao escrever que é bem provável a WSL anunciar uma etapa numa piscina de ondas para 2017.

 

O site português torce para que essa etapa seja na piscina de ondas artificiais do Kelly Slater. (Foto: Reprodução SurfPortugal)

O site português torce para que essa etapa seja na piscina de ondas artificiais do Kelly Slater. (Foto: Reprodução SurfPortugal)

 

A página australiana Stab também não perdeu tempo em dar seus pitacos no tour da elite. Damien Fahrenfort, autor dos nomes concorrentes ao título mundial, escreveu que Gabriel Medina é um dos fortes candidatos ao caneco de 2016 e, mais do que isso, ele afirma que o garoto de Maresias é o melhor surfista do mundo no momento. É mole ou quer mais?

 

Medina está cheio de moral na Stab. (Foto: Reprodução Stab)

Medina está cheio de moral na Stab. (Foto: Reprodução Stab)

 

Vale ressaltar que essa lista possui apenas apostas. Algumas com embasamento, outras apenas desejos aliados à vontade de causar um pouquinho. Então não se esqueçam: como tudo na vida, nada tem 100% de chance de acontecer.

 

Sem mais delongas, vamos às apostas do CT 2016!

 

1 - De Bells à Pipe, pelo menos cinco etapas serão vencidas por brasileiros

O nosso trio de ouro, Gabriel Medina, Adriano de Souza e Filipe Toledo, já deu muito o que falar. Depois de dois deles terem conquistado o título mundial e dos três terem entrado, no ano passado, na briga pelo título mundial, os paulistas vão continuar dando trabalho no circuito da elite. Mas além deles, nós arriscamos dizer que mais dois surfistas podem esquentar esse caldo verde e amarelo: Italo Ferreira e Wiggolly Dantas. O potiguar deu provas de que tem potencial para vencer uma etapa, basta lembrar do CT de Portugal e do título de rookie de 2015. Já o paulista, vem apresentando um surfe bem encaixado e uma grande maturidade, o que seria mais do que merecido vencer uma prova do circuito dos sonhos.

2 - Caio Ibelli será o rookie de 2016

A SurfPortugal acredita e o nosso colégio eleitoral também. Caio Ibelli tem a experiência, mesmo sendo estreante na elite, de competição. Campeão mundial Pro Junior de 2011, o paulista possui uma carreira competitiva fora da elite muito boa. Além disso, uma de suas características é a de viajar para lugares de ondas boas e treinar o seu surfe. Caio Ibelli é a nossa aposta, e estamos torcendo para que ele ocupe o lugar que em 2015 foi de Italo Ferreira.

Caio Ibelli será a revelação de 2016. (Foto: WSL)

Caio Ibelli será a revelação de 2016. (Foto: WSL)

 

3 - E o troféu de campeã mundial 2016 vai para... Tyler Wright!

Apesar dessa lista ter saído depois da vitória da australiana Tyler Wright no CT da Gold Coast, nossas apostas já estavam nela. A irmã do top mundial está focada em vencer, tem treinado bastante com o seu técnico Glenn Hall, e parece que os ventos estão soprando a seu favor. Vai ser um pouco complicado superar nomes importantes como o de Stephanie Gilmore, que voltou com tudo depois de um tempo lesionada, e da atual campeã mundial Carissa Moore, mas a aussie está disposta a triunfar nessa batalha.

4 - Gabriel Medina vai, finalmente, vencer o Pipeline Masters

Mais do que isso, a gente acredita que ele vai conquistar o bicampeonato na penúltima etapa do circuito, em Portugal. Dessa forma, o garoto de Maresias chegará tranquilo para vencer o Pipe Masters, sem a pressão da disputa pelo título. Já está claro que seu surfe não diminui, basta relembrar o seu desempenho na segunda metade do ano de 2015. Se tivesse começado bem desde o início, ou seja, 100% focado nas competições, não temos dúvidas de que ele chegaria com mais chances de título do que realmente aconteceu. Depois de ir para a final duas vezes consecutivas em um dos eventos mais emblemáticos do tour, Gabriel Medina vai finalmente vencer o Pipeline Masters. Com o feito, ele quebrará uma hegemonia de 15 anos dos regulars footers, já que o último surfista de base goofy (aquele que surfa com o pé direito na frente) que conquistou a coroa do Pipe Masters foi o norte-americano Rob Machado, em 2000. Fora isso, manteremos a sequência de brasileiros figurando na final em Pipeline, lembrando que em 2014, Gabriel Medina perdeu para Julian Wilson, e em 2015, mais uma vez o brasileiro ficou com o vice, dessa vez para o seu compatriota e também campeão mundial, Adriano de Souza. Nossa única dúvida é quem irá fazer a final com Gabriel. Será John John Florence?!
Essa foto já diz tudo o que Medina será esse ano: número 1. (Foto: Reprodução Internet)

Essa foto já diz tudo o que Medina será esse ano: número 1. (Foto: Reprodução Internet)

5 - WSL anuncia ainda essa ano uma nova etapa no calendário

Essa divide opiniões. Enquanto uns acham que o circuito está irado, com etapas fantásticas espalhadas pelo mundo, outros acreditam que o calendário já está um pouco monótono, então uma alteração daria mais cor ao circuito dos sonhos. Certos ou não, a gente acha sim que a WSL vai anunciar ainda esse ano uma mudança no calendário. Mudar é sempre bom, não é mesmo?

O que não falta é lugar perfeito e paradisíaco para se ter uma etapa do CT

6 - Kelly Slater vai se aposentar

Assunto sempre em voga nos bastidores dos campeonatos, Kelly Slater vai finalmente pendurar a lycra. O 11 vezes campeão mundial vai começar a faltar algumas etapas que ele não curte muito participar, caminhando para uma aposentadoria no fim da temporada. Com 44 anos, esse será seu último ano no tour de forma completa. E não é para menos. O cara está cada vez menos focado e mais distante das competições. É marca de roupa, de prancha, de suplemento, própria piscina de ondas artificiais Ele merece descansar das baterias e se ocupar com outros assuntos porque tem cabeça, nome e dinheiro de sobra para isso.

E aí, curtiu? Deixe o seu comentário com a sua previsão para 2016!

Tags:
COMPARTILHAR