AGUARDE
25 fevereiro 2015

As Apostas para o WCT feminino

Stephanie Gilmore, Carissa Moore, Tyler Wright e Sally Fitzgibbons lideram as indicações para o título de 2015 do WCT aqui no Woohoo. E você, aposta em quem?

Em 2014 o título mundial de surfe feminino foi decidido aos 48 do segundo tempo em Maui no Havaí e nessa temporada a disputa promete pegar fogo.

Nos últimos oito anos o WCT feminino passou por um processo de renovação incrível. Surfistas cada vez mais novas, com um surfe de alto nível, estão se classificando para elite mundial. Para se ter uma ideia, a caçula do circuito em 2015 é a havaiana Tatiana Weston-Webb, de 18 anos. Desde 2007, o WCT feminino só teve duas vencedoras: a australiana Stephanie Gilmore e a havaiana Carissa Moore. Foram 6 vitórias aussies e duas para o Havaí. O furacão australiano sempre foi uma aposta do Woohoo e Steph não deixa dúvidas de que pretende continuar a ser. Ao analisar o seu histórico, podemos afirmar que a garota da costa dourada australiana não vai deixar que batam a sua carteira. Pelo contrário, ela vai querer se igualar à recordista de vitórias, sua compatriota Layne Beachley, que contabiliza 7 títulos mundiais. Mas junto com a hexacampeã, vêm três surfistas que agitaram o ranking feminino durante o ano passado, a bicampeã mundial Carissa Moore e as australianas Sally Fitzgibbons e Tyler Wright. Sally já bateu na trave três vezes e Tyler, duas. A nossa aposta é que as quatro vão fazer mais um ano de disputas à parte no WCT feminino de 2015.
Quem pode atrapalhar o quarteto

De volta ao WCT, a brasileira Silvana Lima, vice-campeã mundial em 2008 e 2009, deve colocar um tempero verde e amarelo nessa panela. Vale lembrar que Silvana retorna ao circuito embalada pelo título do WQS 2014 e pela ótima fase do surfe nacional no cenário mundial. Não podemos deixar de destacar as norte-americanas Lakey Peterson e Courtney Conlogue, que já provaram têm determinação, surfe no pé e muito vontade de vencer. Façam suas apostas.
Fotos: WSL

Tags:
COMPARTILHAR