AGUARDE
06 dezembro 2016

Beleza não tem idade.

Ilustração: Andy Massena

Anualmente a Pirelli lança seu famoso calendário e distribui para um seleto grupo de pessoas. Cada página correspondente a um mês do ano e exibe uma bela modelo fotografada por renomados fotógrafos. Para 2017, a 44ª edição traz pela terceira vez os cliques do fotógrafo alemão Peter Lindbergh. Ele enfatizou que seu objetivo não era fotografar corpos perfeitos, mas sim as imperfeições, capturando a sensibilidade e emoção como forma de libertar as mulheres da cobrança da perfeição.  O propósito é mostrar a beleza real e não o que é imposto como belo". 

Peter escolheu as atrizes Jessica Chastain, Penelope Cruz, Nicole Kidman, Rooney Mara, Helen Mirren, Julianne Moore, Lupita Nyong'o, Charlotte Rampling, Lea Seydoux, Uma Thurman, Alicia Vikander, Kate Winslet, Robin Wright e Zhang Ziyi. E onde está a imperfeição destas atrizes? Está em outro ponto que, injustamente, massacra mulheres maduras e as rotula como não belas: a juventude. O fotógrafo afirma que a falta de juventude é o ponto de atenção deste trabalho que ficou belíssimo, além de conceitualmente e esteticamente impecável. 

Me alegra perceber que os conceitos estão mudando, mas seria interessante que, além de maduras, não fossem mulheres ícones de beleza. Fossem anônimas, sem procedimentos estéticos, maquiagens ou tratamentos de imagens. Mulheres reais e belas com as quais poderíamos "esbarrar" na esquina e parabenizar por mostrarem ao mundo o que é de verdade, o que é maioria e não exceção. Chegaremos lá.

Tags:
COMPARTILHAR