AGUARDE
02 maio 2017

Jamie Mitchell fatura prêmio principal do Big Wave Awards

Lucas Chianca fica com a segunda colocação e Carlos Burle anuncia oficialmente sua aposentadoria

Os melhores surfistas de ondas grandes do mundo se reuniram em Huntington Beach, na Califórnia, para o Big Wave Awards, premiação realizada pela WSL. O evento, que aconteceu no último sábado, dia 29 de abril, distribuiu 350 mil dólares divididos em sete categorias, que iam de tubos gigantes até as piores vacas.

Jamie Mitchell foi o grande destaque da noite, levando para casa o prêmio de melhor performance. Depois de mostrar feitos incríveis ao longo da temporada, como sua histórica vitoria no desafio inaugural de Nazaré no BWT, Mitchel conseguiu a estatueta pela segunda vez. Quem ficou com a segunda colocação foi o local de saquarema Lucas Chianca, promessa da nova geração dos big riders. Chumbo, como é conhecido, foi o recordista de ondas inscritas na premiação, totalizando 23 vídeos. O carioca é treinado por Carlos Burle, veterano que anunciou oficialmente sua saída do Tour após essa temporada.

 

É hora de dar espaço aos surfistas mais novos e mais fortes.

 

O campeão da noite Jamie Mitchell também foi indicado ao prêmio de onda do ano, mas quem levou a melhor foi Billy Kemper. O local de Maui era um dos favoritos ao título desse ano com uma onda gigantesca surfada em Jaws no dia onze de novembro de 2016.

 

 

A vencedora da categoria de melhor performance feminina foi Page Alms, que ganhou pela primeira vez depois de ser indicada seis vezes. A surfista começou a pegar ondas grandes aos 15 anos de idade e tem no currículo a primeira vitória da história no circuito feminino do BWT.

 

Eu estou super ansiosa para saber aonde eles vão levar o Tour feminino no próximo ano.  Eu gostaria de voltar à Jaws, é claro, mas ter um outro evento seria bem legal.

 

A categoria de maior onda reconhece o surfista que, por qualquer meio disponível, pega a maior bomba. O trabalho foi feito por Francisco Porcella, que surfou a onda em sua primeira vitória no circuito da WSL, em Nazaré, Portugal. Entre outros vencedores, Ben Andrews garantiu a melhor onda surfada na remada e Shanan Worrall recebeu o prêmio de Tubo do Ano, com uma bela onda na Austrália. Wilem Banks, de apenas 18 anos, levou para casa um dos prêmios mais esperados da noite: a Vaca do ano.

 

 

Tags:
COMPARTILHAR