AGUARDE
14 junho 2016

Bronte Macaulay faz a festa no México

A australiana venceu o QS 6.000 nas ondas de Zippers em Los Cabos

O Los Cabos Pro, QS 6.000 feminino, terminou no último domingo com festa australiana na praia de Zippers. Bronte Macaulay, filha do ex-top do WCT Dave Macauly, garantiu a vitória ao registrar 14,67 pontos de somatório contra 13,90 pontos da sua adversária, a equatoriana Dominic Barona.

Bronte Macaulay e Dominic Barona comemoram resultados inéditos / Foto: WSL

Para chegar a final Bronte eliminou surfistas que fazem parte da elite do surfe mundial como sua compatriota Nikki Van Dijk, na semifinal, e a havaiana Malia Manuel, na sexta rodada. Mas essa não foi a primeira vez que ela enfrentou as melhores surfistas do mundo, nessa temporada Bronte está participando de diversas etapas do CT porque a norte-americana Lakey Peterson está lesionada e ela é a primeira alternete.

Nem posso acreditar que ganhei meu primeiro QS 6000. O último QS que disputei foi em fevereiro e é até estranho isso, mas venho competindo direto e a experiência no CT tem me ajudado muito para vencer essas meninas incríveis.

Essa foi a terceira etapa de nível 6.000 do QS feminino e pela terceira vez uma aussie leva a melhor. Antes de Bronte, Sally Fitzgibbons faturou a prova de Newcastle e Nikki Van Dijk venceu evento de Manly. Atualmente as australianas ocupam 6 das 10 primeiras posições no ranking que classifica as 6 primeiras para o CT 2017.

Silvana Lima terminou em 3º e entrou na zona de classificação para o CT 2017 / Foto: WSL

Ranking QS 2016 após o Los Cabos Pro:
1ª Nikki Van Dijk (AUS) - 12.200 pontos
2ª Bronte Macaulay (AUS) - 10.200 pontos
3ª Malia Manuel (HAV) - 9.100 pontos
4ª Justine Dupont (FRA) - 7.100 pontos
5ª Holly Wann (AUS) - 7.050 pontos
6ª Silvana Lima (BRA) - 6.800 pontos
7ª Dominic Barona (ECU) - 6.700 pontos
8ª Philippe Anderson (AUS) - 6.150 pontos
8ª Laura Enever (AUS) - 6.150 pontos
10ª Sally Sitzgibbons (AUS) - 6.000 pontos

Bronte Macaulay / Foto: WSL

A próxima etapa do QS Feminino acontece entre os dias 14 e 19 de junho em El Salvador e também terá nível 6.000, o que deve dar uma esquentada da briga pelas vagas para a elite do ano que vem.

Tags:
COMPARTILHAR