AGUARDE
24 outubro 2019

Camila Cassia conquista bicampeonato brasileiro em casa

 

Surfistas de diferentes estados e gerações invadiram a praia de Itamambuca, em Ubatuba, São Paulo entre os dias 18 e 20 de outubro por conta da última etapa do Circuito Brasileiro de Surfe Feminino da Abrasp. O evento idealizado pelo ex-top do CT Wiggolly Dantas, reuniu cerca de 100 competidoras e contou com embates emocionantes.

Para as profissionais o evento foi válido como oitava etapa do Circuito e quatro surfistas tinham chances de título.  As cabeças de chave entraram em cena no sábado nas quartas de final e duas surfistas que estavam na corrida direta pelo título da temporada, acabaram perdendo de cara. A pernambucana Monik Santos foi eliminada pela bicampeã brasileira Suelen Naraisa e pela Carioca Maju Freitas; Enquanto a saquaremense Tais Almeida foi superada pela cearense Larissa dos Santos e pela argentina Josefine Anne.

Ainda nas quartas de final, a líder do ranking Camila Cássia anotou o maior somatório da competição 16,97 pontos para avançar tranquila para semifinal. A cearense Yanca Costa também venceu sua bateria e seguiu firme na disputa pelo caneco da temporada. 

O tempo fechou no dia decisivo da última etapa do Circuito Brasileiro de Surfe Feminino, mas as disputas pegaram fogo dentro d’água. A primeira final a cair no mar foi a Longboard profissional entre a paranaense Tiara Mandelli, a paulista Daniele Guimarães e as cariocas Maina Tompson e Ailar Cinti. Nesse confronto a experiência de Mainá falou mais alto e ela ficou com o título. 

Após a decisão do pranchão, a turma da nova geração fez bonito e os títulos das categorias de base foram definidos. A peruana Catalina Zariquiey foi a campeã da Sub 10; A paranaense Gabriely Vasque levou a melhor na sub 12; a paulista Nairê Marques venceu a categoria sub 14, sua conterrânea Kiany Hyakutake faturou a SUB 16 e a carioca Julia Duarte fez a festa na Pro Junior, disputa exclusiva para surfistas com até 18 anos.

Voltando a foco para a principal categoria do evento, na primeira semifinal entre as surfistas profissionais a prata da casa Suelen Naraisa e a fluminense Karol Ribeiro forma eliminadas pelas inspiradas Camila Cassia e Josefina Ane. Na sequência a paranaense Nathalie Martins e a cearense Larissa dos Santos foram derrotadas por  Maju Freitas e Yanca Costa. 

A final foi definida e a paulista Camila Cássia, que tinha a torcida local a seu favor, precisava ficar entre as três primeiras para confirmar o bicampeonato brasileiro. A bateria foi bastante disputada e chegou a ser liderada por Maju Freitas e Yanca Costa, mas Camila estava focada. Ela anotou 7,33 pontos na primeira onda e nos últimos 10 minuto encontrou uma boa esquerda, manobrou forte e arrancou 8,60 dos juízes para ficar com o caneco. Maju Freitas finalizou no segundo posto, Yanca Costa terminou em terceiro e a argentina Josefina Ane, que cometeu interferência, ficou em quarto. Para Camila Cássia a vitória teve um gosto especial, pois a surfista nunca tinha ganhado uma prova do brasileiro em casa. 

 

 

 

Tags:
COMPARTILHAR