AGUARDE
26 novembro 2017

Chloé Calmon estreia com vitória no Mundial de Longboard

Phil Rajzman, Jeferson Silva e Jefson Silva também venceram seus embates

O domingo, 26 de novembro, foi de ação em Jinzun Harbour, Taiwan, palco da decisão do Mundial de Longboard da World Surf League. Ondas de três a quatro pés, cerca de um metro, fizeram com que a organização do evento desse sinal verde para as primeiras batalhas do campeonato. 

As mulheres foram as primeiras a competir e o destaque do dia ficou para a carioca Chloé Calmon, que defende a liderança do ranking e está em busca do seu primeiro título mundial no esporte. Favorita a ficar com o troféu de campeã do mundo em 2017, Chloé não deu chances para as adversárias, a japonesa Natsumi Taoka e a a surfista do Taiwan, Hsiang Yun Shih. A longboarder carioca somou 17,90 pontos de 20 possíveis - uma das notas foi 9,57. “Eu consegui manter um bom ritmo na bateria e ganhar uma nota alta no início é sempre bom, pois você pode ficar um pouco mais relaxada dentro d´água. Em Papua Nova Guiné, eu perdi na primeira fase e tive que disputar uma rodada extra, então avançar direto para a terceira fase aqui foi realmente muito bom”, revelou Chloé.


Chloe está focada em conquistar seu primeiro título mundial de pranchão. (Foto: WSL/Tim Hain)

Já a tricampeã sul-americana Atalanta Batista ficou em terceiro lugar na última bateria feminina do domingo. A pernambucana enfrentou duas campeãs mundiais: a norte-americana Rachael Tilly, campeã de 2015, e a australiana Chelsea Williams, melhor do mundo em 2014. Atalanta encara agora a repescagem.

Entre os homens, o recorde ficou com o francês Edouard Delpero, que somou 17.97 pontos nesse domingo. Dos cinco brasileiros que estão disputando o Mundial, três avançaram direto para a terceira fase. Foram eles: o paulista Jefson Silva; o atual campeão mundial, Phil Rajzman; e Jeferson Silva, também do Rio de Janeiro.

Jefson foi o primeiro a vencer, derrotando o norte-americano Cole Robbins e o havaiano Ned Snow por 13,30 a 12,90 pontos, somatório dos dois adversários. Campeão do mundo em 2016, Phil dominou o confronto seguinte com os australianos Jack Entwistle e Jared Neal, até garantir a vitória por 14,33 pontos com a nota 7,50 da sua última onda. Por fim, Jeferson Silva somou 13,37 pontos e superou o sul-africano Steven Sawyer e o francês Aurelien Meynieux, da Ilha Reunião. Rodrigo Sphaier e Bage Brayner perderam seus confrontos e vão ter que passar pela repescagem para seguirem vivos na competição.


Francês conquistou o maior somatório do dia. (Foto: WSL/Tim Hain)

A próxima chamada acontece às 7h do dia 27 em Taiwan, 21h do dia 26 no Brasil. Confira os confrontos da segunda fase feminina e masculina:

FEMININO

1 - Nava Young (AUS) x Maria Fernanda Reyes (PER)

2 - Justine Mauvin (REU) x Kathryn Hughes (AUS)

3 - Chelsea Williams (AUS) x Hsiang Yun Shih (TPE)

4 - Lindsay Steiriede (EUA) x Niu Chen-Lin (TPE)

5 - Tory Gilkerson (EUA) x Soleil Errico (EUA)

6 - Natsumi Taoka (JPN) x Atalanta Batista (BRA)

MASCULINO

1 -  Antoine Delpero (FRA) x Chung Hua Cheng (TPE)

2 - Harley Ingleby (AUS) x Pan Hai Hsin (TPE)

3 - Cole Robbins (EUA) x Tung-Ming Chen (TPE)

4 - Steven Sawyer (AFR) x Anthony Spencer (AUS)

5 - Rodrigo Sphaier (BRA) x Satoshi Horiii (JPN)

6 - Ben Skinner (ING) x Andre Derizans (HAV)

7 - Matthew Moir (AFR) x Duane Desoto (HAV)

8 - Jared Neal (AUS) x Jack Entwistle (AUS)

9 -  Ned Snow (HAV) x Aurelien Meynieux (REU)

10 - Emilien Fleury (FRA) x David Arganda (EUA)

11 - Shohei Akimoto (JPN) x Dane Pioli (AUS)

12- Nic Jones (AUS) x Bage Brayner (BRA)

 

Tags:
COMPARTILHAR