AGUARDE
26 julho 2016

Coco SuperGirl Ho

Havaiana venceu QS 6 mil em Oceanside, Califórnia

Terminou no domingo, 24 de julho, a etapa de nível seis mil do QS feminino em Oceanside, Califórnia, Estados Unidos. Numa final 100% havaiana, a filha do surfista Michael Ho, Coco Ho, levou a melhor sobre a sua compatriota Malia Manuel e saltou 16 posições no ranking feminino da divisão de acesso.

Coco Ho venceu a tricampeã mundial Carissa Moore nas semis. (Foto: WSL)

Coco Ho venceu a tricampeã mundial Carissa Moore nas semis. (Foto: WSL)

O QS de Oceanside foi um espécie de “esquenta” para a sexta etapa do circuito da elite feminina do surfe mundial (que já começou em Huntington Beach) e no último dia de competições, as ondas tinham cerca de um metro. Coco estava no ritmo e alcançou na finalíssima uma nota 9, a maior do evento. Foi a terceira vez que a havaiana vestiu a icônica capa de Supergirl. As outras duas foram em competições da categoria júnior.

Até que ficou bem nela, não acham? (Foto: WSL)

Até que ficou bem nela, não acham? (Foto: WSL)


Eu estou tento um dos piores anos de competições e precisava desse resultado

Com a vitória, a havaiana somou valiosos seis mil pontos no ranking e pulou da 21ª para a sexta colocação, entrando para a zona de reclassificação do CT feminino em 2017.

Vice-campeã agora é líder

Mesmo tendo perdido para a sua compatriota na finalíssima, a havaiana Malia Manuel tinha outros motivos para comemorar. Vice-campeã do evento, Malia agora também é a líder do ranking do QS, o que segundo ela, tira um pouco da pressão de conquistar resultados tão grandiosos.

Malia subiu duas posições no ranking do QS feminino. (Foto: WSL)

Malia subiu duas posições no ranking do QS feminino. (Foto: WSL)


Silvana Lima termina na nona colocação

Atual número cinco da lista que (re)classifica as surfistas para a elite de 2017, a cearense Silvana Lima perdeu nas oitavas de final para a norte-americana Caroline Marks. Com o resultado em Oceanside, ainda é cedo para garantir de fato a reclassificação dela para o CT do ano que vem, mas a gente segue na torcida pela brasileira. O próximo desafio de nível seis mil das meninas acontece em La Coruña, na Espanha, a partir do dia 30 de agosto.

Tags:
COMPARTILHAR