AGUARDE
09 outubro 2018

Começou!

Após ser mandando para a repescagem, Filipe Toledo se recuperou e segue na briga

Após uma longa e ansiosa espera, a nona etapa do CT masculino foi para água nessa terça-feira, 9 de outubro. A disputa que rolou em ondas com cerca de 1,5 metros e séries maiores teve como protagonistas centrais os brasileiros Filipe Toledo e Gabriel Medina, que estão disputando a liderança do ranking.

Dono de um retrospecto muito bom em Hossegor, Gabriel Medina foi o primeiro a entrar na água dos dois. O paulista de Maresias enfrentou um embate bastante acirrado contra Tomas Hermes e Ryan Callinan, mas conseguiu passar direto para a terceira fase. O campeão mundial de 2014 se mostrou bem seletivo em relação as ondas e só foi computar a primeira nota aos quando faltavam 18 minutos para o fim da bateria. Com um tubo para a direita e uma sequência de manobras verticais também numa direita o brasileiro somou 11.93 pontos contra 11.26 do Tomas e 10.33 do Ryan Callinan, que eliminou ele no QS de Ericeira, Portugal, na semana passada.


Gabriel Medina é bicampeão do CT da França. Foto: WSL / Masurel

 

Com Gabriel garantido na terceira fase, a pressão sobre Filipe Toledo aumentou. O atual número um no ranking do CT caiu na água na sequência do Gabriel e enfrentou Connor O’Leary e Jorgann Couzinet. Apesar de ter tentando bastante, Filipe nano conseguiu encontrar ondas boas e com um 5.77 e um 3.33, ele acabou superado por Connor O’Leary.

Na repescagem, Filipe Toledo voltou a enfrentar Jordann Couzinet, que é o francês melhor colocado no ranking do QS no momento. Para alívio dos fãs do surfe progressivo do ubatubense, dessa vez ele não só venceu como convenceu. Após já ter somado um 7.67, Filipinho sacramentou a vitória dele com um 8.17.

Na segunda bateria da semifinal, um resultado surpreendeu: Ryan Callinan eliminou Owen Wright. O atual número dois no ranking do QS cravou 16.10 pontos e complicou a vida do compatriota.


Ryan Callinan vai voltar a enfrentar Filipe Toledo na próxima fase. Foto: WSL / Masurel

 

O irmão de Owen, Mikey Wright, que foi apadrinhado pela WSL nesse ano e recebeu convite para praticamente todos as etapas do CT, fez a parte dele ainda na primeira fase e segue representando a família na nona etapa.

A lista de classificados direto para a terceira fase também inclui os campeões mundiais de 2012 e 2015, respectivamente Joel Parkinson e Adriano de Souza, Julian Wilson, Italo Ferreira e Jordy Smith, entre outros.

CT FEMININO

 

Além dos homens, as mulheres também foram para água nessa terça-feira para finalizar as três baterias que faltavam da repescagem. Sally Fitzgibbons barrou sem dificuldades a francesa Pauline Ado, enquanto Nikki Van Dijk acabou surpreendida por Macy Callaghan numa bateria bem equilibrada. Na última bateria Courtney Conlogue eliminou Sage Erickson da competição.


Macy Callaghan é alternate do CT 2018. Foto: WSL / Masurel

Uma nova chamada para a nona etapa do CT feminino e masculino está marcada para essa quarta-feira, às 7:45 horário local.

 

Tags:
COMPARTILHAR