AGUARDE
02 junho 2016

Courtney Conlogue retoma liderança do CT Feminino

Tyler Wright perde na segunda rodada do Fiji Pro, enquanto Courtney avança até as quartas e recupera a lycra amarela

A quinta etapa do circuito da elite feminina do surfe mundial, que rolou nas esquerdas perfeitas de Cloudbreak, em Fiji, foi de longe uma das mais espetaculares. O nível de surfe das meninas estava bonito de assistir e a francesa Johanne Defay provou seu amadurecimento ao conquistar o título do Fiji Pro. Mas além dessas características, o evento das meninas também promoveu uma grande mudança na corrida pelo título mundial de 2016.

A campeã do evento Johanne Defay subiu três posições e agora é a quarta colocada. (Foto: WSL)

A campeã do evento Johanne Defay subiu três posições e agora é a quarta colocada. (Foto: WSL)

Depois de ter sido eliminada ainda na segunda rodada do CT de Fiji pela convidada da etapa, Bethany Hamilton, a australiana Tyler Wright perdeu o posto de número 1 do ranking para a norte-americana Courtney Conlogue, que foi barrada nas quartas de final pela campeã do evento, Johanne Defay. Courtney agora possui 37.700 pontos, enquanto a australiana acumula 36.950.

Tyler Wright perdeu a lycra amarela e agora é a vice-líder do ranking. (Foto: WSL)

Tyler Wright perdeu a lycra amarela e agora é a vice-líder do ranking. (Foto: WSL)

Atrás dela está a havaiana Carissa Moore, que finalmente desencantou e fez sua primeira final em 2016. A atual campeã mundial agora está com exatos 34 mil pontos. Um pouco mais distante na pontuação aparece a atual quarta colocada, a francesa Johanne Defay. A surfista das Ilhas Reunião conquistou a sua segunda vitória em etapas do CT e subiu três posições no ranking.

Carissa e Johanne ocupam a terceira e quarta posições, respectivamente. (Foto: WSL)

Carissa e Johanne logo após a final em Fiji, onde a francesa foi campeã. (Foto: WSL)

No quinto degrau da classificação geral está a australiana Sally Fitzgibbons, seguida da havaiana Tatiana Weston-Webb que perdeu de cara em Fiji e desceu duas posições. Com 24.100 pontos, a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore ocupa a sétima colocação do ranking, enquanto a havaiana Malia Manuel continua na oitava posição com 20.300 pontos. A sulafricana Bianca Buitendag conquistou em Fiji o seu melhor resultado até agora, uma terceira colocação, mas em termos de ranking, Bianca mantém a sua nona colocação. Fechando o top 10 da corrida pelo título mundial de 2016, está a australiana Laura Enever. Dona de uma das duas notas 10 no Fiji Pro, a aussie foi barradas nas quartas de final e agora acumula 17.200 pontos.

Veja alguns dos melhores momentos do Fiji Pro 2016!

Tags:
COMPARTILHAR