AGUARDE
12 janeiro 2016

David Bowie, o Camaleão do Rock

O astro do rock morreu dois dias após o lançamento de seu 25º álbum, que aconteceu no mesmo dia de seu aniversário de 69 anos

O mundo da música amanheceu de luto nessa segunda-feira, dia 11 de janeiro, com a notícia da morte da lenda do Rock David Bowie. O astro lutava há 18 meses contra um câncer.

1280x720

História

David Robert Jones nasceu em Brixton, Londres, no dia 8 de janeiro de 1947. A personalidade adotou "Bowie" como apelido e foi esse o nome escolhido para seu primeiro álbum em 1967. O auge da fama e da criatividade deste artista multifacetado chegou dois anos mais tarde, com "Space Oddity", de 1969 e "The Man Who Sold the World", de 1970. Foi a partir daí que o mundo ficou de frente para o nome que iria marcar a história do rock e influenciaria outros nomes como o The Cure, Nirvana, Madonna, Lady Gaga e muitos outros.

Talentoso. Único. Gênio. Divisor de águas. O homem que caiu na terra. Seu espírito viverá para sempre! (Madonna)


Visual

David reinventava constantemente seu som e sua figura, ficando marcado pelo visual andrógeno de Ziggy Stardust, uma das muitas personas criadas pelo cantor e compositor britânico. Bowie tornou-se um dos maiores fenômenos da cultura pop e um símbolo de libertação para jovens e adolescentes e não foi por menos que ficou conhecido como o "Camaleão do Rock".

David-Bowie

Artista

Bowie foi ator, produtor discográfico e ditou tendências da moda a nível mundial. "Heroes", "Let's Dance" e "Under Pressure" são alguns dos títulos que marcam a sua carreira de cinco décadas de inovação e imprevisibilidade. Bowie tem lugar de destaque no Rock and Roll Hall da Fama desde 1996 e foi considerado pela revista Rolling Stone como um dos melhores artistas rock de todos os tempos.

David-Bowie-Symposium

Adeus

Após uma corajosa batalha contra o câncer, que durou 18 meses, a lenda morreu na madrugada de domingo, dia 10 de janeiro, aos 69 anos, rodeado por sua família. Dois dias antes, ele comemorou seu aniversário com o lançamento de "BlackStar", 25º e último álbum de sua carreira, que une o rock à experimentação do jazz.

Artistas e políticos, como o primeiro-ministro britânico David Cameron, e cantores renomados como Madonna, Mick jagger e Kanye West lamentaram publicamente em suas redes sociais a morte do artista. Em sua maioria, falam em inspiração, lenda e ídolo eterno.

Captura de Tela 2016-01-12 às 15.03.04

Tags:
COMPARTILHAR