AGUARDE
10 setembro 2018

E agora Medina?

Campeão mundial de 2014 vence no Surf Ranch e encosta em Filipe Toledo no ranking

A etapa, que marcou a estreia da piscina de ondas de Lemoore, na Califórnia, Estados Unidos, foi palco de mais uma vitória brasileira no circuito da elite mundial 2018. Gabriel medina que chegou como favorito não decepcionou e emplacou a segunda vitória consecutiva dele na temporada.

Com mais essa conquista, Medina agora está a apenas 4.100 pontos do líder Filipe Toledo, que por sua vez não vendeu o título barato para o compatriota.

Os paulistas apresentaram uma técnica que ilustra bem o potencial das ondas do Surf Ranch. Com 17.86, Medina superou Toledo que somou 17.03 pontos.


Filipe Toledo segue na liderança do ranking com 49,785 pontos. Foto: WSL / Rowland

A terceira colocação ficou dividida com o japonês Kanoa Igarashi e com o idealizador e um dos sócios da piscina de ondas de Lemoore, Kelly Slater.

A quinta posição, que reuniu os outros quatro surfistas que se classificaram para a final, ficou com Owen Wright, Julian Wilson, Sebastian Zietz e Miguel Pupo, que entrou como substituto e fez bonito com essa atuação.

A vitória de Gabriel Medina no Surf Ranch deixa a disputa pelo título mundial ainda mais acirrada, já que apesar de estar em desvantagem no ranking, o competidor de Maresias, em São Sebastião, São Paulo, segue para a perna européia, onde ele tem um excelente retrospecto, veja aqui a matéria a analise dos dois que fizemos.


Filipe Toledo e Gabriel Medina dominaram o Surf Ranch com as melhores performances. Foto: WSL / Rowland
Tags:
COMPARTILHAR