AGUARDE
19 outubro 2015

Expectativa cresce para o mundial de ondas grandes

A janela de espera do Big Wave Tour no hemisfério norte está aberta

Desde que assumiu o Big Wave Tour, a World Surf League separou o calendário da elite do surfe de ondas grandes em duas partes: hemisfério norte e sul. Ou seja, quando abre a janela de espera de um hemisfério, os organizadores analisam as grandes ondulações e realizam a chamada para o pico onde as ondas quebram melhor.

A temporada do hemisfério norte foi aberta no dia 15 de outubro de 2015 e segue até o dia 28 de fevereiro de 2016, e a expectativa é grande, como declarou Peter Mel, gerente do BWT.

Eu não acho que você vá encontrar algum surfista de ondas grandes no mundo que não acredite que esse inverno tenha chances de ser um dos melhores dos últimos tempos.

todos os santos

Todos os Santos é um dos destinos mais procurado pelos surfistas de ondas grandes no México.

Com a realização de apenas uma prova das programadas para o hemisfério sul, Makua Rothman está na liderança do ranking com Cristian Merello e Ramon Navarro na segunda e terceira colocações respectivamente.

ranking

Reprodução: WSL

 

A expectativa agora segue para a possível realização dos eventos no Oregon, Punta Galea, Pe'ahi e Todos os Santos.

The Oregon Challenge:

Nelscott Reef é localizado na cidade de Lincoln, no estado do Oregon, nos Estados Unidos.

Punta Galea Challenge:

Punta Galea é uma direita que quebra na foz do rio Nervión, no País Basco, na Espanha.

Pe’ahi Challenge:

Jaws é uma das ondas mais cobiçadas pelos surfistas de ondas grandes. Este pico segura ondas de até 60 pés.

The Todos Santos Challenge:

A onda de Killers, na baía de Todos os Santos, responde muito bem com swell de noroeste e as ondas podem atingir até 60 pés.

Tags:
COMPARTILHAR