AGUARDE
26 março 2015

Expectativa para o WCT Feminino em Bells

Atual líder do WCT, Carissa Moore, chega na prova de Bells disposta a balançar o sino pela terceira vez

Falta pouco para o início da segunda batalha do WCT feminino da temporada e a expectativa é grande. Programado para acontecer entre os dias 01 e 12 de abril o WCT de Bells é uma das provas mais tradicionais do circuito. O sonho de 9 entre 10 integrantes da elite é balançar o sino de Bells e fica difícil apontar favoritas ao título diante de tantos talentos e um histórico equilibrado.

A maior campeã da história do WCT de Bells é a norte-americana tetracampeã mundial Lisa Anderson , que já venceu o evento quatro vezes. Um desafio a parte nessa temporada para Stephanie Gilmore é igualar a marca de vitórias de Lisa. A hexacampeã mundial já faturou a prova 3 vezes, em 2007, 2008 e 2010. A surfista que moldou suas manobras nas longas direitas da costa dourada australiana surfa com maestria a extensa onda de Bells e é uma adversária perigosa para qualquer competidora.
A cearense Silvana Lima foi a primeira brasileira da história a vencer essa prova. O feito aconteceu em 2009 e na ocasião Silvana desbancou Stephanie Gilmore numa bateria de tirar o fôlego. Silvana chega em Bells embalada por sua performance na primeira prova do ano, na qual ficou em quinto lugar, e com muita garra para tentar mais uma vitória no pico. Relembre assistindo o vídeo abaixo:

Carissa Moore começou o ano com o pé direito na costa dourada australiana e chega em Bells confiante. Afinal de contas, nos dois últimos anos ela foi a campeã do evento. Assim como Stephanie e Silvana, a havaiana é regular - surfa com o pé esquerdo na frente da prancha - e já mostrou do que é capaz de fazer nas direitas intermináveis de Bells.

A australiana Sally Fitzgibbons é goofy footer - surfa com o pé direito na frente da prancha - e já colocou o backside para funcionar para ficar com o título duas vezes. Em 2012 ela derrotou Stephanie Gilmore na final e no ano anterior a vítima foi Carissa Moore . As surfistas listadas acima têm grandes chances de se destacarem e até balaçarem o tradicional sino mais uma vez. Porém não podemos desconsiderar a garra e determinação de tops como Courtney Conlogue, Tyler Wright, Lakey Peterson, Coco Ho , entre outras.

Confira as baterias:

1. Malia Manuel (HAV) x Bianca Buitendag (AFS) x Laura Enever (AUS)
2. Sally Fitzgibbons (AUS) x Silvana Lima (BRA) x Nikki Van Dijk (AUS)
3. Carissa Moore (HAV) x Dimity Stoyle (AUS) x convidada
4. Stephanie Gilmore (AUS) x Tatiana Weston-Webb (HAV) x Alessa Quizon (HAV)
5. Tyler Wright (AUS) x Johanne Defay (FRA) x Sage Erickson (EUA)
6. Lakey Peterson (EUA) x Courtney Conlogue (EUA) x Coco Ho (HAV)

Tags:
COMPARTILHAR