AGUARDE
06 junho 2016

Fim de semana de ação no Fiji Pro

Havaiano Dusty Payne arranca a maior nota da competição e oito brasileiros seguem na disputa do título da etapa

fijwilko

Matt Wilkinson, líder do ranking, eliminou Alex Ribeiro na repescagem. (Foto: WSL/Ed Sloane)


Fase 1

No sábado, as disputas da primeira fase esquentaram as ondas com cerca de 2 metros no pico de Cloudbreak, na ilha de Tavarua, em Fiji. Os brasileiros Wiggolly Dantas e Miguel Pupo foram donos de ótimas performances, mas o sulafricano Jordy Smith e o norte-americano Kelly Slater estrearam bem no evento e bateram os recordes dos dois brasileiros no primeiro dia.

Jordy acertou duas manobras potentes e faturou uma nota na casa dos 9 pontos. O onze vezes campeão mundial fechou o primeiro dia de disputas com a maior nota do domingo, um 9,03. Foi a primeira vez, desde a etapa de Portugal, em outubro do ano passado, que o mito norte-americano venceu na estreia de uma etapa do CT.

Além de Guigui e Miguel, os brasileiros Adriano de Souza, Filipe Toledo e Jadson André também começaram o Fiji Pro com vitória e avançaram direto para a terceira fase.

fijjordy

Jordy Smith na primeira fase. (Foto: WSL/Ed Sloane)


Fase 2

A segunda-feira em Fiji, ainda noite de domingo no Brasil, colocou as baterias da segunda fase na água e mais três dos nossos soldados avançaram na competição. O mar estava difícil, o que fez a organização da prova aumentar o tempo de 30 para 35 minutos de bateria. Logo na primeira do dia, Italo Ferreira passou sem dificuldades por cima do local Tevita Gukilau. Em seguida, Alex Ribeiro deu trabalho ao líder do ranking, Matt Wilkinson, mas acabou perdendo para o australiano e deu adeus à competição.

Na sequência, o campeão mundial de 2014, Gabriel Medina, arrancou a primeira nota do dia na casa dos oito pontos depois de pegar um belo tubo em Cloudbreak. O outro brasileiro que seguiu para a terceira fase foi Alejo Muniz, que despachou o australiano Julian Wilson, um dos favoritos nessas esquerdas. Já o estreante brasileiro Caio Ibelli sucumbiu diante do australiano Taj Burrow, que recentemente anunciou a sua aposentadoria das competições.

fijdusty

Dusty Payne arrancou um 9,33 dos juízes. (Foto: WSL/Ed Sloane)

O australiano Mick Fanning e o havaiano Dusty Payne também foram os destaques do segundo dia de competições. O surfista de Oahu deu boas rasgadas para ficar com um 9,33, e registrou 16,50 pontos, o maior somatório da segunda rodada.

Italo Ferreira (Foto: WSL/Ed Sloane)
Tags:
COMPARTILHAR