AGUARDE
11 junho 2015

Fotógrafo brasileiro de 15 anos é destaque

Igor Hossmann descobriu na fotografia a melhor maneira de aproveitar o surfe

Apesar de ter apenas 15 anos de idade, Igor Hossmann já sabe qual profissão quer seguir. Apaixonado por surfe, Igor chegou a pegar ondas, mas foi a fotografia que conquistou o coração deste carioca, que surpreende com o talento.

Durante a realização da etapa brasileira do circuito da elite do surfe mundial, Igor teve uma foto dele publicada no site Stab e foi elogiado pelo ex-surfista profissional Peter King, o cara de marketing da Hurley Internacional.

Essa é a foto que Peter King divulgou em vários sites. Foto: Igor Hossmann

Essa é a foto que Peter King divulgou em vários sites. Foto: Igor Hossmann

Com a coragem de um adolescente, que se joga em mares assustadores, Igor está aprimorando sua habilidade através de conhecimentos teóricos, mas o que mais estimula o garoto é estar fotografando ao lado dos ídolos: Henrique Pinguim e Pedro Tojal.

Igor no momento auto-retrato.

Igor no momento auto-retrato.


PING PONG COM IGOR HOSSMANN

Início

Sempre surfei e gostava, mas as fotos me chamavam atenção. Após fazer umas fotos com Go Pro, a galera gostou e me incentivou a investir nisso. O Pedro Ribeiro, que é meu amigo, me chamou para tirar umas fotos dele e deu certo. Aí depois, o Gordo (Felipe Cesarano) me deu maior moral. Quando eu conheci ele, as ondas estavam grande no Posto 9 e aí ele falou: “se você entrar neste mar, você vai entrar para o Go Gordo Team”. Mas eu não entrei, o mar estava muito grande, o meu pé de pato tinha 1 dia. Aí fiz as fotos de fora d’água. Todo mundo se amarrou e o Gordo comprou uma lente para mim e eu entrei para o Go Gordo Team e comecei a conhecer o Tojal, o Pinguim e essa galera.

Primeira vez no Havaí

Estava acostumado com fundo de areia e quando eu cheguei no Havaí, fiquei com muito medo. Apesar de entrar em mares grandes no Rio, na minha primeira vez, Pipeline estava com ondas de 8 a 10 pés e eu não queria entrar. Aí meu amigo, o Pedro Calado, que é Big Rider, falou: “claro que você vai entrar”. Eu não entrei, mas a galera brincou dizendo que no final de tarde eu tinha que entrar não importava qual o tamanho que o mar estivesse. Chegou no final de tarde, o mar estava perfeito, com uma luz linda e quando eu estava entrando o Fábio Dias falou que o mar estava gigante e que não era para eu entrar. Mas eu entrei e ele entrou comigo. Quando cheguei no outside estava com muito medo e eu só estava com Fish eye, porque só tinha levado Fish eye. Eu estava com muito medo e quando eu fico assim, eu costumo ter cãibra e foi isso que aconteceu. Estava saindo do mar, quando comecei a ficar com cãibra e tomei várias séries na cabeça. Quando sai, estava todo mundo olhando para mim, porque no desespero eu levantei o braço, mas para a minha sorte, antes do salva-vidas ver eu fui jogado na areia. Na areia, eu quase chorei de dor, mas estava feliz por não ter morrido. Lá eu conheci o Tojal, tive fotos minhas publicadas na revista e aprendi a encarar os mares grandes, porque na revista não tem essa de não entrar, porque todo mundo te zoa “Bate fofo”. Eu gostei muito de ter ido para o Havaí, mas passei vários sufocos.

Revista Surfar

A revista Surfar me adotou, eles publicam minhas fotos e me apoiam bastante. Vale a pena ver uma matéria que eles fizeram comigo, são 8 páginas sobre a minha viagem para o Havaí.

Estudos

A fotografia está atrapalhando um pouco os meus estudos, mas eu tenho que aproveitar o momento. Acho que sou um dos fotógrafos de surfe que encara ondas grandes mais novo No Havaí conheci um garoto de 14 anos, mas quando ele entrou para fotografar, o mar já estava bem menor. Eu tenho que aproveitar esse momento, mas preciso terminar a escola logo, senão eu não vou ser ninguém. Todos os meus amigos já avisaram que preciso terminar o colégio. Mas esse ano eu vou focar e terminar o 2º grau.

O Gordo é um dos maiores incentivadores do Igor como fotógrafo. Foto: Igor Hossmann

O Gordo é um dos maiores incentivadores do Igor como fotógrafo. Foto: Igor Hossmann

 

Tags:
COMPARTILHAR