AGUARDE
31 agosto 2018

Francês garante a segunda vitória de três etapas realizadas do IWT 2018

Antoine Martin segue líder absoluto do ranking e é forte candidato ao título da temporada

Terminou com festa francesa a terceira etapa do International Windsurfing Tour 2018, realizada no último fim de semana. O líder do ranking Antoine Martin abriu ainda mais vantagem ao vencer, a prova de Baja California, no México. Localizado cerca de 500 quilômetros ao sul de San Diego, na Califórnia, Estados Unidos, o pico de Punta San Carlos, em Baja Califórnia, no México, é destino certo para os amantes dos esportes de vento. E justamente por conta disso, o lugar tem cadeira cativa no International Windsurfing Tour que em 2018 marcou a terceira etapa da modalidade wave freestyle.

Entre diversas categorias que vão da amador à grand master, destacamos a profissional masculina. Antes de competirem a bateria que definiria o campeão da etapa, os finalistas assumiram o papel de juízes das outras divisões durante todo o dia. Mas como o melhor eles deixaram para o final, a decisão foi mesmo muito acirrada. Para se ter uma ideia, o segundo, terceiro e quarto colocados tinham uma diferença de menos de dois pontos. O norte-americano Morgan Noireaux apostou nos aéreos e conseguiu uma nota na casa dos 6 pontos, mas não encontrou boas ondas para aumentar o placar e terminou na quarta posição. 

O que separou o marroquino Boujmaa Gilloul do italiano Federico Morisio foi o estilo. Os dois trocaram posições durante praticamente toda a final, mas a fluidez de Federico fez a diferença e deu a ele o vice-campeonato. Isso porque o título da terceira etapa e, consequentemente a liderança do IWT 2018, estavam nas mãos do francês Antoine Martin. Titoun, como é chamado, simplesmente quebrou na finalíssima e fez duas notas acima dos 7,5. É a primeira vez que ele está competindo inteiramente o Tour e alcançou a marca de duas vitórias e um vice nas três provas já realizadas.

 

Tags:
COMPARTILHAR