AGUARDE
19 julho 2019

Gabriel Medina vence final histórica em J-Bay

Paulista derrotou Italo Ferreira na primeira decisão 100% brasileira e de goofy footers

Simplesmente histórico. A sexta-feira, 19 de julho, em Jeffreys Bay, na África do Sul, foi de muita emoção principalmente para os corações brasileiros. Em ondas de dois metros e séries ainda maiores, o nosso bicampeão mundial Gabriel Medina venceu de forma espetacular a sexta parada do Tour de elite em 2019. Ele derrotou o também brasileiro Italo Ferreira e os dois fizeram história ao participar da primeira decisão 100% verde e amarela e de goofy footers, ou seja, aqueles que surfam com o pé direito na frente da prancha e de backside, de costas para a onda, nas direitas geladas e perfeitas do pico sul-africano.


Medina deu show em J-Bay. (Foto: WSL)

O potiguar estava muito bem na competição e eliminou o favorito ao título do evento, o compatriota Filipe Toledo, nas semis. Já Medina, que não tinha passado das quartas de final nessa temporada, correu pelas beiradas e, após vencer Owen Wright e Kolohe Andino, apresentou um surfe ainda mais potente na grande final, que deixou Italo em combinação nos últimos minutos do embate. O paulista de Maresias somou incríveis 9,73 e 9,77 na decisão e vale lembrar que agora Gabriel Medina é o único surfista que já venceu em algum momento na carreira todas as próximas etapas do Championship Tour masculino.


Medina desencantou nessa temporada. (Foto: WSL)

 

FILIPE TOLEDO DEU ADEUS AO SONHO DO TRI CONSECUTIVO

A grande maioria da torcida estava com o paulista Filipe Toledo que se ganhasse o campeonato, seria o primeiro brasileiro a vencer três vezes seguidas uma etapa do Tour de elite. Com a sua já conhecida intimidade com o pico, Filipinho despachou o havaiano Sebastian Zietz nas quartas de final, mas acabou perdendo justamente para o compatriota Italo Ferreira na semi e deu adeus ao sonho de ser tri consecutivo em J-Bay. Porém, o resultado lhe deu a vice-liderança do ranking, enquanto o norte-americano Kolohe Andino assumiu a ponta da lista do CT masculino e vai para os canudos perfeitos de Teahupoo, no Taiti, vestindo a cobiçada lycra amarela. 

 

 

Tags:
COMPARTILHAR