AGUARDE
14 fevereiro 2019

GUSTAVO MALHEIROS RETRATA OS PERSONAGENS E OS BASTIDORES DA ‘TEMPESTADE BRASILEIRA’ NO SURFE EM EXPOSIÇÃO INDIVIDUAL

Mostra na Galeria da Gávea, em cartaz de 16 de fevereiro a 22 de março, reúne fotografias dos livros ‘Tempestade’ e ‘Verão passado’, com registros dos principais expoentes do esporte ao redor do mundo

Requisitado fotógrafo de moda e publicidade – no início de sua carreira trabalhou com o renomado Bruce Weber, além de ter fotografado algumas das modelos mais importantes do mundo, como Gisele Bündchen e Alessandra Ambrósio – e surfista nas horas vagas, Gustavo Malheiros conseguiu unir suas duas paixões em 2017, quando lançou dois livros ligados ao tema. Em “Tempestade”, o carioca documenta o crescimento do surfe brasileiro profissional a partir do título mundial conquistado por Gabriel Medina, em 2014, enquanto “Verão Passado” traz uma série de retratos, clicados desde a década de 80, que revelam o universo e o estilo de vida dos adeptos do esporte. Agora, o fotógrafo apresenta alguns destes trabalhos em grande escala, na exposição “Tempestade”, que ocupa a Galeria da Gávea de 16 de fevereiro a 22 de março.  

“Tudo começou na minha primeira viagem para o Havaí, em 2014. Eu falei para o meu filho mais velho, Antonio: ‘Nós vamos para o Havaí para surfar e ver o Gabriel Medina ser o primeiro campeão brasileiro de surfe!’ Eu estava lá para acompanhar o campeonato,mas tinha a minha câmera comigo o tempo todo e não perderia a oportunidade de fotografar tudo”, lembra o fotógrafo.  

Nas cerca de 50 imagens selecionadas, entre fotografias em preto e branco e coloridas, Malheiros mostra registros não apenas dos campeonatos pelo mundo, mas também o cotidiano e a intimidade dos principais representantes do “Brazilian storm” (tempestade brasileira), bem como outros personagens anônimos e famosos que fazem parte da tribo do surfe. Além dos atletas que elevaram o país a outro patamar no circuito mundial, com destaque para Gabriel Medina, Adriano de Souza e Filipe Toledo, a exposição contempla nomes fundamentais do esporte, brasileiros e estrangeiros, de diversas modalidades, como Kelly Slater, Tom Carroll, John John Florence, Carlos Burle, Phil Rasjzman, Silvana Lima, Ricardo Bocão, Caio Vaz e Fabio Gouveia, entre outros. 

A exposição tem patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, TIVIT, CIPA, Kasznar Leonardos Propriedade Intelectual e AFAMAR, e foi incentivada através da Lei do ISS da Cidade do Rio de Janeiro (via Secretaria Municipal de Cultura).

 

Tempestade Brasileira 

Por Milton Guran, fotógrafo e antropólogo 

Na obra de Gustavo Malheiros a vida vem antes da foto, e isso faz toda a diferença. Foi assim que, garoto de praia, calhou de ser fotografado com sua turma por ninguém menos que o já na época consagrado Bruce Weber. Esse flagrante ocasional funcionou como uma imagem premonitória do fotógrafo que ele viria a ser e lhe deu a ponte para tornar-se assistente do grande autor na Nova York dos anos 90.

E quando a foto como forma de expressão entrou na sua vida, lá encontrou, bem instalado, o surfe. Então, a linguagem e seu tema preferencial seguiram em frente, juntos e combinados. Arpoador, Saquarema, Praia de Guarda de Embaú, no Brasil,  Trestles, na Califórnia, Pipeline, no Havaí, Peniche, em Portugal, Jeffreys Bay, na África do Sul, Hossegor, na França, e o arquipélago de Mentawai, na Indonésia - o circuito top das ondas perfeitas transcrito em cenas emblemáticas. O surfista virou fotógrafo e o mundo do surfe virou foto, tudo muito naturalmente. 

A intimidade com o esporte lhe abriu uma porta para essa tribo tão exclusiva e seus ídolos maiores. Gustavo convive, participa, se mistura com ao público e aos ídolos, se faz observador e protagonista. Sua fotografia tem a força dos atos simples, traduz momentos de emoções únicas e a banalidade do cotidiano de forma direta. São imagens companheiras, que vão da beleza pura à beleza sutil dos encontros, da paixão compartilhada pela vida. 

“Sempre pensei na minha vida como um verão interminável”, afirma Gustavo na apresentação do seu livro Tempestade (Arte Ensaio, 2017), inteiramente dedicado à virada do surfe nacional rumo ao topo do ranking mundial, de onde saiu essa tão bem cuidada seleção de imagens. 

Para Gustavo Malheiros, é sempre verão em alguma praia de ondas mágicas pelos sete mares afora.

Biografia de Gustavo Malheiros

Formado pela School of Visual Arts de Nova York, Gustavo Malheiros trabalhou com o renomado fotógrafo Bruce Weber no início de sua carreira. Já realizou exposições de seus trabalhos em Londres, Hong Kong, Madri, Turim, Paris e Nova York, além de Rio de Janeiro e São Paulo.

No segmento publicitário, trabalhou com grandes agências como WMcCann, Lew LaraTBWA, Giovanni DraftFCB, entre outras. Reconhecido pelos

trabalhos de Moda, tem editoriais e ensaios em publicações como Vogue, Trip, TPM e GQ, com registros de modelos como Gisele Bundchen e Alessandra Ambrósio desde o início da carreira.

Seus livros publicados são: TempestadeVerão PassadoSuperaçãoO Coração do BrasilAnônimos Famosos 1 e 2O Livro das ÁguasIlhas BrasileirasAmazôniaFoi no Carnaval que PassouPedra e LuzBackstageO CircoTodos os Tons do Cerrado Brazilyorkers.

 

SERVIÇO:

Tempestade,  exposição com fotografias de Gustavo Malheiros

Exposição: de 16 de fevereiro a 22 de março

Horários: seg a sex, das 11h às 19h 

Local: Galeria da Gávea

Endereço: Av. Marquês de S. Vicente, 432 – Gávea

Tel: 2274-5200

Entrada franca

 

Informações para a imprensa:
Factoria Comunicação
Vanessa Cardoso (vanessa@factoriacomunicacao.com)
Eduardo (eduardo@factoriacomunicacao.com)

(21) 2259-0408 / 2249-1598

Tags:
COMPARTILHAR