AGUARDE
10 setembro 2019

Heitor Mueller e Isabela Saldanha vencem Oi Pro Junior em Floripa

Com a vitória, brasileira assume o quarto lugar do ranking

A multidão na praia da Joaquina, em Florianópolis, foi a loucura com o último dia de competição da terceira parada do Oi Pro Junior 2019, campeonato da WSL da América Latina. A festa foi verde amarela consagrando o catarinense Heitor Mueller, de apenas 15 anos, e a paulista Isabela Saldanha, de 16, como campeões.

O garotinho usou uma variedade de manobras e aéreos para derrotar o peruano Raul Rios, de 16 anos. Rios surfava as esquerdas longas, teve uma boa execução e arrancou um 7.25, mas o catarinense puxou um 8.50 fazendo um aéreo reverse e somou 15.30 dos 20 possíveis contra 13.50 do adversário.

 Apesar de uma pequena queda no swell, o domingo foi um dia bom em Floripa, com céu ensolarado, ventos e ondas de 2 a 3 metros. Na competição feminina, depois de vencer as duas baterias contra as líderes do ranking, Coco Cianciarulo chegou como favorita na decisão e foi quem largou na frente com duas notas na casa dos três pontos. Mas, o mar deu uma trégua e as meninas não conseguiram mostrar o surfe que sabiam. Isabela teve a sorte de pegar a melhor onda da bateria, recebendo 6.25 pontos. Com isso, a paulista venceu por 8.65 contra 6.75 da adversária.

Julia Duarte conseguiu surfar uma boa onda para superar a peruana e atingir seu objetivo, que era tirar o segundo lugar de Sol Aguirre do ranking. Depois, ela perdeu de novo para Coco Cianciarulo e terminou em terceiro lugar da competição, mas garantiu o segundo lugar no ranking com 2.760 pontos, contra 2.685 da peruana. Com a vitória, Saldanha assume o quarto lugar com 2.630 pontos.

No masculino, a disputa do título e a batalha pelas três vagas para o Mundial Pro Junior embolou de vez. Lemplar lidera com 2.440 pontos, seguido por Lucas com 2.310, Mateus com 2.220 e o ex-vice líder, Daniel Adisaka, caiu para o quarto lugar com 2.125. Com o vice-campeonato, o Peruano Raul Rios pulou da décima terceira posição para a quinta. O campeão Heitor Mueller seria o décimo colocado como os resultados, porém sua filiação foi feita de forma errada na WSL North América e ele não aparece no ranking, mas o surfista vai continuar competindo até a WSL corrigir o equívoco.

A próxima etapa acontece entre os dias 8 e 10 de novembro em Maresias, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. A grande final será 14 e 15 do mesmo mês no Peru.

 

 

Tags:
COMPARTILHAR