AGUARDE
11 maio 2016

Italo Ferreira

A nova sensação do surfe brasileiro

A edição de 2016 do Rio Pro comprova que o surfe brasileiro ganhou um novo ídolo. Se em 2014 e 2015 a torcida na praia focava em Gabriel Medina e Filipe Toledo, neste ano Italo Ferreira é o nome da vez.
O surfista do Rio Grande do Norte, que garantiu a vaga para o CT com uma facilidade surpreendente no QS de 2014, conquistou o título de estreante do ano em 2015 e hoje é um dos nomes mais citados entre a torcida brasileira, como afirma o surfista e estudante de engenharia André Coutinho.

Eu torço para o Italo Ferreira porque ele está lá em cima no ranking e é um rosto novo.

Dono de um surfe progressivo e facilidade para aprender novas técnicas, Italo está em constante evolução. Dentro d’água, o potiguar de 21 anos vem se aprimorando nas competições, ao mesmo tempo em que investe no já conhecido ataque feroz de backside. Mas esse crescimento não é visível só com a prancha no pé. Mesmo com seu estilo mais reservado, Italo apresentou uma evolução no inglês impressionante.
Italo chegou ao Rio Pro com a 3ª posição no ranking depois de ficar no 13º lugar na Gold Coast e ter finalizado na semifinal em Bells Beach e em Margaret River. Destaque constante nas sessões de freesurf que aconteceram em Grumari, Italo fez sua estreia na 4ª etapa do CT 2016 na quarta bateria contra seus compatriotas Miguel Pupo e Bino Lopes. Com uma nota 9, que foi conquistada logo em sua primeira onda, Italo não deu chances aos seus adversários e levantou a galera na praia.
Italo Ferreira somou 16,50 pontos, o maior somatório da 1ª fase. Foto: WSL / Kelly Cestari

Italo Ferreira somou 16,50 pontos, o maior somatório da 1ª fase. Foto: WSL / Kelly Cestari

Além de Italo Ferreira, também garantiram vaga direto para a terceira fase do Rio Pro os brasileiros Filipe Toledo, Marco Fernandez, Lucas Silveira e Alejo Muniz.
Lucas Silveira, o único carioca na competição, mandou Adriano de Souza para a repescagem. Foto: WSL / Smorigo

Lucas Silveira, o único carioca na competição, mandou Adriano de Souza para a repescagem. Foto: WSL / Smorigo

 
Uma nova chamada para o Rio Pro 2016 está marcada para acontecer em Grumari, na zona oeste do Rio, às 7:30h, no horário de Brasília.
1ª bateria:

1 - Filipe Toledo (BRA) = 13.77

2 - Kanoa Igarashi (EUA)=11.60

3 - Dusty Payne (HAV)=11.30
2ª bateria:

1 - Leonardo Fioravanti (ITA )= 14.30

2 - Stu Kennedy (AUS) = 12.93

3 - Gabriel Medina (BRA)=11.80
3ª bateria:

1 - Davey Cathels (AUS) = 12.00

2 - Julian Wilson (AUS) = 9.24

3 - Deivid Silva (BRA) = 7.43
4ª bateria:

1 - Italo Ferreira (BRA) = 16.50

2 - Miguel Pupo (BRA) = 10.86

3 - Bino Lopes (BRA) = 8.66
5ª bateria:

1 - Marco Fernandez (BRA) = 13.43

2 - Jadson André (BRA) = 11.57

3 - Matt Wilkinson (AUS) = 8.73
6ª bateria:

1-Lucas Silveira (BRA)= 15.84

2-Adriano de Souza (BRA) = 13.80

3 - Keanu Asing (HAV)=13.74
7ª bateria:

1 - Nat Young (EUA) = 15.04

2 - Michel Bourez (TAH) = 9.37

3 - Alex Ribeiro (BRA) = 5.83
8ª bateria:

1 - Jordy Smith (AFR) = 12.37

2 - Conner Coffin (EUA) = 10.83

3 - Jack Freestone (AUS) = 10.70
9ª bateria:

1 - Adam Melling (AUS) = 15.23

2 - Jeremy Flores (FRA) = 15.13

3 - Josh Kerr (AUS) = 15.04
10ª bateria:

1 - Ryan Callinan (AUS) = 15.53

2 - Wiggolly Dantas (BRA) = 13.44

3 - Kolohe Andino (EUA) = 7.67
11ª bateria:

1 - Alejo Muniz (BRA) = 13.50

2 - Adrian Buchan (AUS) = 13.46

3 - Sebastian Zietz (HAV) = 12.77
12ª bateria:

1 - John John Florence (HAV) = 11.34

2 - Caio Ibelli (BRA) =10.84

3 - Matt Banting (AUS) = 6.34
1ª bateria: Adriano de Souza (BRA) x Bino Lopes (BRA)
2ª bateria: Matt Wilkinson (AUS) x Deivid Silva (BRA)
3ª bateria: Julian Wilson (AUS) x Dusty Payne (HAV)
4ª bateria: Gabriel Medina (BRA) x Alex Ribeiro (BRA)
5ª bateria: Jeremy Flores (FRA) x Jack Freestone (AUS)
6ª bateria: Kolohe Andino (EUA) x Matt Banting (AUS)
7ª bateria: Sebastian Zietz (HAV) x Keanu Asing (HAV)
8ª bateria: Caio Ibelli (BRA) x Jadson André (BRA)
9ª bateria: Adrian Buchan (AUS) x Miguel Pupo (BRA)
10ª bateria: Wiggolly Dantas (BRA) x Stu Kennedy (AUS)
11ª bateria: Josh Kerr (AUS) x Kanoa Igarashi (EUA)
12ª bateria: Conner Coffin (EUA) x Michel Bourez (TAH)

Tags:
COMPARTILHAR