AGUARDE
19 agosto 2019

Kauli Vaast e Tyler Newton garantem vagas para Tahiti Pro

Kauli Vaast (TAH) / Foto: Surfer Today

 

O domingo foi agitado em Teahupoo, no Tahiti, por conta da triagem para a etapa do CT que começa no pico depois de amanhã. Trinta e dois surfistas de diversos países participaram da disputa pelas duas vagas.  Lucas Chianca, o Chumbo, foi o único brasileiro na prova e acabou eliminado nas quartas de final. O big rider, que desembarcou pela primeira vez em Teahupoo a convite da WSL, se adaptou bem às esquerdas desafiadoras do pico, mas não conseguiu superar o surfista local Mihimana Braye.  

A semifinal homem a homem teve gosto de bateria decisiva, já que quem avançasse para decisão garantia vaga no Tahiti Pro 2019. No primeiro confronto o prata da casa Kauli Vaast deu um show de tubos, cravou 17,10 pontos de somatório e deixou o australiano Jack Robinson precisando de uma   combinação de notas para virar. Na sequência o havaiano Tyler Newton eliminou o taitiano Mihimana Braye num confronto de notas menos expressivas. 

 

A grande final começou como minutos de calmaria, mas quando netuno acordou Kauli Vaast estava no lugar certo e abriu o duelo com um canudo excelente que lhe rendeu 8,33 pontos. Tyler Newton não se intimidou e botou pra dentro de um tubo bonito para tirar 6,17 pontos. Depois o havaiano ficou intocado em um tubo profundo, cravou 8,73 pontos e levou a galera ao delírio no canal. Como bom conhecedor do pico, Kauli não se abalou e esperou as melhores da série para arrancar 7,40 e 8,33 dos juízes e fechar a fatura.  O placar final foi de 16.90 x 14.90.  O Tahiti Pro começa na próxima quarta-feira, 21 de agosto. Fique ligado na programação do Woohoo e nas nossas redes sociais para ficar por dentro desse super evento. 

 

Tags:
COMPARTILHAR