AGUARDE
23 setembro 2019

Lakey Peterson reina no Surf Ranch

A etapa do CT nas ondas artificiais do Rancho em Lemoore, na Califórnia, foi uma prova de fogo para algumas surfistas. Vimos tubos incríveis e atletas que tiveram dificuldade em colocar pra dentro; Enquanto algumas arriscaram tudo em manobras aéreas outras apostaram numa linha mais contida sem muita variação de manobras. O fato é que as melhores surfistas do mundo foram avaliadas em ondas para direita e esquerda e apenas quatro avançaram para  a final.

A norte-americana Caroline Marks, que registrou 16,93 pontos nas eliminatórias, e a havaiana Carissa Moore, que cravou incríveis 18,26 pontos na mesma fase,  não conseguiram repetir as boas perfomances e acabaram dividindo a terceira colocação.  A disputa do título ficou entre Johanne Defay, que foi apontada como uma das favoritas desde a fase de abertura da competição e Lakey Peterson, que estava competindo com o apoio extra da torcida local.  A francesa chegou no sábado decisivo confiante e registrou 9 pontos em uma direita e 7,83 pontos na esquerda. Um pouco depois Johanne disparou na liderança com um 8,60 na esquerda e passou a somar 17,60 pontos. A norte-americana Lakey Peterson também fez bonito e se aproximou de Johanne com 15,73 pontos de somatório. 

Ambas tiveram direito a mais uma apresentação. A nativa de Santa Bárbara melhorou seu somatório na esquerda e foi para o tudo ou nada na direita precisando de 8,91 para virar. Lakey foi bastante técnica e agressiva em suas manobras e finalizou a onda com um aéreo reverse com a mão na borda para arrancar 9,33 dos juízes e assumir a ponta. Em suas últimas tentativas Johanne acabou caindo no tubo e terminou a prova como vice-campeã. 

Tags:
COMPARTILHAR