AGUARDE
28 setembro 2018

Medina e Deivid Silva são o Brasil nas quartas do QS de Ericeira

Paulistas disputam com australianos as vagas na semifinal

A sexta-feira, 28 de setembro, foi bastante movimentada em Ericeira, Portugal, palco da terceira prova de nível dez mil da divisão de acesso à elite do surfe mundial da WSL. Ao todo, foram 16 baterias realizadas hoje, quinto dia da janela de realização do evento, e duas baterias das quartas já foram definidas em ondas de um metro na praia de Ribeira D’Ilhas. O Brasil está garantido nas quartas de final com os paulistas Deivid Silva e o o campeão mundial de 2014, Gabriel Medina.

O dia começou com o restante das disputas da terceira fase e o destaque ficou para o português Frederico Morais, que avançou sem dificuldades. Ainda na terceira rodada, o Brasil perdeu nomes importantes como o do campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, e do ex-top do CT, Jadson Andre.

O desempenho de Kikas na terceira rodada se repetiu na fase seguinte e o português somou incríveis 17,73 pontos, o maior do evento até agora. Quem também conseguiu avançar foram os brasileiros Deivid Silva, Gabriel Medina e Bino Lopes. Os dois últimos, inclusive, passaram juntos para as oitavas de final, eliminando o australiano Connor O’Leary. Atual 20º colocado no QS, o italiano Leonardo Fioravanti também surfou bem nessa sexta-feira em Ericeira. Ele fez o segundo maior somatório da rodada, 16,20, e espera o campeonato voltar para água para disputar uma vaga nas quartas com o peruano Alonso Correa.

RETA FINAL DO QS DE ERICEIRA

Metade das baterias da 5ª rodada foram realizadas hoje, e como já adiantamos aqui, dois confrontos das quartas de final já estão formados. O primeiro deles é entre o brasileiro Deivid Silva e o australiano Ryan Callinan. O paulista derrotou na fase anterior um dos destaques da competição até o momento, o norte-americano e estreante no CT 2018, Griffin Colapinto. DVD, que ocupa a 11ª posição no ranking do QS, colocou pressão e surfou bastante para somar 15,16 sobre os 12,40 do californiano.

O segundo embate também tem brasileiro. Atual número dois da elite do surfe mundial, Gabriel Medina, teve que suar a lycra para derrotar o francês Joan Duru. Com notas variando entre 7,20 e 8,80, os dois tiraram leite de pedra do mar que já não apresentava condições tão boas assim e o campeão mundial de 2014 levou a melhor por apenas um ponto de diferença.

Deivid e Gabriel são os únicos brasileiros sobreviventes no QS 10 mil de Ericeira e a próxima chamada está marcada para às 7h45 desse sábado em Portugal, 3h45 no horário de Brasília.

Fotos: WSL

Tags:
COMPARTILHAR