AGUARDE
23 setembro 2019

Medina e Toledo fazem dobradinha no Surf Ranch de novo

O bicampeão mundial assumiu a liderança do ranking e está confiante para a conquista do tri

Não teve pra ninguém. Gabriel Medina foi imbatível na onda projetada pelo onze vezes campeão mundial, Kelly Slater, e, junto com o também brasileiro Filipe Toledo, mostrou sua soberania perante o mundo. O paulista de Maresias garantiu o bicampeonato nas ondas artificiais do Surf Ranch logo nas primeiras ondas que surfou na finalíssima, realizada no sábado, dia 21. De frontside, ele arrancou a maior nota de todo o evento, um 9,93, que veio após uma linha impecável com direito a um Kerrupt Flip no final da onda. Na direita, ele apresentou o seu já conhecido e afiado backside para cravar mais 8,93 pontos e assim compor o maior somatório de toda a competição.


Gabriel Medina acerta Kerrupt Flip na piscina de ondas. (Foto: WSL)

Vale destacar que essa foi terceira final seguida de Medina no CT 2019 e a vitória no Freshwater Pro lhe rendeu a liderança do ranking. A próxima parada do Tour é Hossegor, na França, onde ele já venceu três vezes, em seis finais disputadas. E ele vai não só vestindo a lycra amarela, como também muito instigado rumo ao sonho de se tornar o primeiro goofy footer tricampeão mundial. Vice-campeão da etapa, Filipe Toledo, não ficou muito aquém da performance de Medina. Competindo com dores nas costas, que inclusive o fizeram sair mais cedo dos Jogos Mundiais da ISA no Japão, Filipinho conseguiu um 9,63 na direita, mas apenas 7,70 na esquerda. Ele fez a mesma quantidade de pontos que o australiano Owen Wright, mas a sua onda 9,63 lhe deu vice-campeonato consecutivo no rancho de Slater.


Filipe competiu sentindo dores nas costas. (Foto: WSL)

 

 

Tags:
COMPARTILHAR