AGUARDE
08 janeiro 2018

Mulheres empoderadas no Globo de Ouro 2018

Campanha contra o assédio sexual e igualdade de gênero em Hollywood "vestiu" os convidados de preto

Foi dada a largada na temporada de premiações da sétima arte em 2018 e Los Angeles, nos Estados Unidos, foi tomada pelo preto no tapete vermelho durante a 75ª edição do Globo de Ouro, que acontece na noite de domingo, 7 de janeiro. Essa foi a forma que as mulheres encontraram para divulgar o recém-criado movimento Time’s Up, que luta pelo fim do assédio e abuso sexual nos ambientes de trabalho e é a favor da igualdade de gênero. A premiação é tradicionalmente promovida pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood e celebra as produções de destaque tanto do cinema quanto da televisão norte-americana. O anfitrião da noite, Seth Meyers, não perdeu tempo no seu discurso de abertura e logo mencionou as acusações em Hollywood.


Seth Meyers em seu discurso de abertura no Globo de Ouro 2018. (Foto: Reprodução NBC)

O ponto alto da noite foi marcado pelo discurso de Oprah Winfrey: o mais longo, mais forte e mais emocionante de toda a premiação. Considerada a rainha da TV norte-americana, Oprah recebeu das mãos de Reese Witherspoon o prêmio honorário Cecil B. de Mille e se tornou a primeira mulher negra a recebê-lo, e em seguida, deu força e inspirações às mulheres em seus quase nove minutos de fala. "Por muito tempo, mulheres não eram ouvidas ou eram desacreditadas se ousassem falar suas verdades contra o poder desses homens. Mas o tempo deles acabou." Confira o discurso completo:

 

 

Liderando as indicações, o filme “A Forma da Água” levou dois prêmios de cinema: melhor diretor, para Guillermo Del Toro, e melhor trilha sonora. O prêmio de melhor filme de drama ficou com “Três Anúncios Para um Crime”, que ainda levou outras três categorias: melhor atriz de drama para Frances McDormand, melhor ator coadjuvante para Sam Rockwell e melhor roteiro. Melhor filme de comédia ou musical ficou com “Lady Bird: É Hora de Voar”.

 


"Três anúncios Para Um Crime" foi o filme que levou mais prêmios. (Foto: Paul Drinkwater/Courtesy of NBC/Handout via REUTERS) 

Já na parte de televisão, as produções “Big Little Lies” e “Handmaid’s Tale” roubaram a noite. A primeira foi eleita a melhor série limitada ou filme para TV, melhor atriz com Nicole Kidman e melhor ator e atriz coadjuvante para Alexander Skarsgard e Laura Dern. Enquanto isso, “Handmaid’s Tale” levou os prêmios de melhor série de drama e melhor atriz em série de drama com Elisabeth Moss.

Confira a lista dos principais vencedores do Globo de Ouro 2018:

 

CINEMA

Melhor filme de drama
Me Chame Pelo Seu Nome
Dunkirk
A Forma da Água
The Post: A Guerra Secreta
Três Anúncios Para um Crime

Melhor ator em filme de drama
Daniel Day-Lewis – Trama Fantasma
Tom Hanks – The Post: A Guerra Secreta
Gary Oldman – O Destino de Uma Nação
Timothée Chalamet – Me Chame Pelo Seu Nome
Denzel Washington – Roman J. Israel Esq.

Melhor atriz em filme de drama
Jessica Chastain – A Grande Jogada
Sally Hawkins – A Forma da Água
Frances McDormand – Três Anúncios Para um Crime
Meryl Streep – The Post: A Guerra Secreta
Michelle Williams – All The Money In The World

Melhor filme de comédia ou musical
Corra!
I, Tonya
O Rei do Show
Lady Bird: É Hora de Voar
Artista do Desastre

Melhor ator em filme de comédia ou musical
Steve Carell – A Guerra dos Sexos
Ansel Elgort – Em Ritmo de Fuga
James Franco – Artista do Desastre
Hugh Jackman – O Rei do Show
Daniel Kaluuya – Corra!

Melhor atriz em filme de comédia ou musical
Judi Dench – Victoria e Abdul: O Confidente da Rainha
Helen Mirren – The Leisure Seeker
Margot Robbie – I, Tonya
Saoirse Ronan – Lady Bird: É Hora de Voar
Emma Stone – A Guerra dos Sexos

Melhor ator coadjuvante
Willem Dafoe – Projeto Flórida
Armie Hammer – Me Chame Pelo Seu Nome
Richard Jenkins – A Forma da Água
Sam Rockwell – Três Anúncios para um Crime
Christopher Plummer – All The Money in the World

Melhor atriz coadjuvante
Mary J. Blige – Mudbound
Hong Chau – Pequena Grande Vida
Allison Janney – I, Tonya
Laurie Metcalf – Lady Bird: É Hora de Voar
Octavia Spencer – A Forma da Água

Melhor diretor
Guillermo del Toro – A Forma da Água
Martin McDonagh – Três Anúncios Para um Crime
Christopher Nolan – Dunkirk
Ridley Scott – All The Money in the World
Steven Spielberg – The Post: A Guerra Secreta

Melhor roteiro
A Forma da Água
Lady Bird: É Hora de Voar
The Post: A Guerra Secreta
Três Anúncios Para um Crime
A Grande Jogada

Melhor filme de animação
O Poderoso Chefinho
Viva – A Vida É Uma Festa
O Touro Ferdinando
The Breadwinner
Com Amor, Van Gogh

Melhor filme estrangeiro
Uma Mulher Fantástica
The Square – A Arte da Discórdia
First They Killed My Father
Em Pedaços
Loveless

 

TELEVISÃO

Melhor minissérie/filme para a televisão
Big Little Lies
Fargo
Feud: Bette and Joan
The Sinner
Top of the Lake: China Girl

Melhor ator em minissérie/filme para a televisão
Robert De Niro – The Wizard of Lies
Jude Law – The Young Pope
Kyle MacLachlan – Twin Peaks
Ewan McGregor – Fargo
Geoffrey Rush – Genius

Melhor atriz em minissérie/filme para a televisão
Jessica Biel – The Sinner
Nicole Kidman – Big Little Lies
Jessica Lange – Feud: Bette and Joan
Susan Sarandon – Feud: Bette and Joan
Reese Witherspoon – Big Little Lies

Melhor série de drama
The Crown
Game of Thrones
The Handmaid’s Tale
Stranger Things
This Is Us

Melhor ator em série de drama
Freddie Highmore – The Good Doctor
Sterling K. Brown – This Is Us
Jason Bateman – Ozark
Liev Schrieber – Ray Donovan
Bob Odenkirk – Better Call Saul

Melhor atriz em série de drama
Elisabeth Moss – The Handmaid’s Tale
Claire Foy – The Crown
Maggie Gyllenhaal – The Deuce
Caitriona Balfe – Outlander
Katherine Langford – 13 Reasons Why

Melhor série de comédia ou musical
Black-ish
The Marvelous Mrs. Maisel
Master of None
SMILF
Will & Grace

Melhor ator em série de comédia ou musical
Anthony Anderson – Black-ish
Aziz Ansari – Master of None
Kevin Bacon – I Love Dick
William H. Macy – Shameless
Eric McCormack – Will & Grace

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Pamela Adlon – Better Things
Alison Brie – GLOW
Issa Rae – Insecure
Rachel Brosnahan – The Marvelous Mrs. Maisel
Frankie Shaw – SMILF

Melhor ator coadjuvante em televisão
Alfred Molina – Feud: Bette and Joan
Alexander Skarsgård – Big Little Lies
David Thewlis – Fargo
David Harbour – Stranger Things
Christian Slater – Mr. Robot

Melhor atriz coadjuvante em televisão
Laura Dern – Big Little Lies
Ann Dowd – The Handmaid’s Tale
Chrissy Metz – This is Us
Michelle Pfeiffer – The Wizard of Lies
Shailene Woodley – Big Little Lies

 

 

Tags:
COMPARTILHAR