AGUARDE
16 agosto 2017

Mundial de Asa Delta invade o Distrito Federal

Quem estiver andando por Brasília e olhar para cima, pode observar asas coloridas dançando sobre o céu.  A capital federal foi invadida pelos melhores pilotos de voo livre do mundo. O Mundial de Asa Delta  retorna a cidade depois de 14 anos, chegando a sua 21ª edição.

Conhecida mundialmente como “Havaí do Voo Livre”, Brasília é famosa pelos ventos predominantes do quadrante Leste, que combinados com clima seco dessa época do ano, proporcionam voos alucinantes.

Ao todo, são 142 pilotos de 29 países e o time verde e amarelo é representado por 12 pilotos, entre eles André Wolf e Carlos Niemeyer, que ocupam a sexta e sétima colocação no ranking da FAI dos melhores do mundo.

A cidade de Formosa, em Goiânia, é o palco das decolagens, enquanto as aterrissagens são feitas no Distrito Federal. Todos os pilotos decolam em todos os dez dias de competição e vence quem realizar o percurso no menor tempo.

Na segunda-feira, sexto dia de prova, o piloto japonês Tanaka Genki fez bonito e foi o único a completar os 115 km da tarefa do dia, em 3 horas 04 minutos e 40 segundos. Com o feito, ele somou 631 pontos e subiu 14 posições na classificação individual, de 47º para 33º lugar. A segunda colocação do dia foi para o Tcheco Dan Vyhnalik, que somou 560 pontos. 

O carioca Carlos Niemeyer foi o 14º colocado do dia, seguido por Sergio Galvas na 19º colocação e Alvaro Sandoli na 25º, fechando o grupo dos brasileiros mais bem colocados. A Itália permanece líder na classificação por equipes, seguida pela República Theca e Brasil. 

Depois de tirar a terça-feira de  folga, os pilotos voltaram a competir nessa quarta. Lembrando que a grande decisão é na próxima sexta, 18 de agosto.

Tags:
COMPARTILHAR