AGUARDE
21 setembro 2016

Música boa? Música ruim? Existe a minha música!

FOTO: Tatiane Nuvolari

Vira e mexe, esse assunto de música boa ou música ruim me assola por aí. Imagino que você já deva ter entrado em uma rodinha em que seus amigos te criticaram por ouvir aquela banda underground de Surf Music e, não pule fora da conversa, pois também tenho certeza que você já criticou aquele seu amigo que passa pelo calçadão do Guarujá ouvindo aquele Sertanejo Universitário que nunca se forma. Não é?

Mas, de fato, acho essa discussão muito parecida com aquele papo sobre time de futebol. Cada um tem a sua escolha e aquiete-se com isso.

Claro que há uma análise técnica sobre a qualidade da música. Tem canção que é perfeita na rima, na melodia, na métrica, na formulação dos compassos e etc. Isso é uma verdade, mas aqui nessa coluna falamos de música, as sensações e emoções provocadas e os nossos momentos. Considerando isso, a discussão acabou. Música boa é aquela que te emociona. Música ruim, é aquela que não fala absolutamente nada com você.

Corri aqui na minha playlist para achar uma dessas músicas que gosto, independentemente do gostar alheio. Engraçado que o gosto alheio, anda aqui pertinho, em casa. Minha esposa não curte rock e eu tenho uma quedinha pelo preto e as guitarras com muito drive, vocalistas gritando e etc. Essa é um boa discórdia musical aqui em casa. Fui nessa linha para relembrar o que curto muito e sempre tenho que tirar quando não estou sozinho (risos).

Olha a incoerência entre um parágrafo e outro! Achei o disco do Kiss Unplugged (cadê as guitarras e as caras pintadas, meu senhor?????). Mas sim, isso é rock. E do bom! Esse é um dos discos que mais curto e que, sempre que estou com a Dona Patroa, acabo tendo que tirar por conta da voz estridente do nosso caricato e quase romântico Paul Stanley. Desse álbum, a que mais gosto é a I Still Love You (sim, sou um cara que curte música romântica, mas com a convicção de que sendo um rock fica mais divertido) e a ouço em loop por horas se me deixarem. Riffs legais, violão com timbre demais e um nipe de orquestra com um bom gosto que até fico arrepiado ao lembrar. Isso é música boa! rs

https://open.spotify.com/track/15rtn7AItJv00c5qk7GceG

Pois é. Tem gosto para tudo e música de todos os tipos. O que importa é que sua playlist conte sua história! 

Tags:
COMPARTILHAR