AGUARDE
18 setembro 2018

Nevoeiro vence o Sintra Pro

Nevoeiro impede a finalização da etapa do mundial de bodyboard e finalistas terminam empatados

Entre os dias11 e 16 de setembro, a praia Grande, em Sintra, Portugal, se tornou o palco principal do circuito mundial de bodyboard da APB, graças a realização da penúltima prova do tour de elite das mulheres, de um desafio da divisão de acesso dos homens e da prova decisiva do mundial de dropknee.

O Dropknee acabou sendo a única modalidade que teve o título definido, isso porque essa decisão aconteceu no sábado. Sammy Morretino, do Havaí, venceu a etapa e de quebra conquistou o bicampeonato mundial.


Sammy Morretino agora é bicampeão do mundo de dorpknee. Foto: APB Tour

Já a decisão da elite feminina e da divisão de acesso dos homens, que ficou agendada para o domingo, acabou não rolando. O nevoeiro, que já tinha paralisado o campeonato em diferentes ocasiões, ficou muito forte na hora das baterias decisivas e impossibilitou o trabalho dos juízes. Sem outra opção, os organizadores seguiram o que diz no livro de regras da APB e dividiram a pontuação no ranking e a premiação entre os finalistas.

Iain Campbell e Pierre Louis Costes disputam a liderança do ranking da elite masculina também. Foto: APB Tour

No desafio masculino foram eles Iain Campbell e Pierre Louis Costes, que superaram respectivamente o brasileiro Eder Luciano o representante de Guadalupe, Martin Mouradian na semifinal.

No campeonato feminino a brasileira Isabela Sousa venceu as japonesas Sari Ohhara, nas quartas de final, e a líder do ranking Ayaka Suzuki na semi para chegar na final. Na outra chave de bateria, Joana Schenker mandou Alexandra Rinder e Teresa Almeida para casa mais cedo. 

Mesmo tendo terminado no terceiro posto, a japonesa Ayaka Suzuki segue como líder do ranking do mundial de bodyboard feminino. As atenções agora se concentram em Nazaré, também em Portugal, onde o grande caneco de 2018 será definido,entre os dias 3 e 11 de outubro.

 

Tags:
COMPARTILHAR