AGUARDE
19 abril 2016

Novas regras para o transporte de bicicletas

Conselho nacional de trânsito acrescenta novas especificações para o transporte de bicicletas na traseira dos carros

De acordo com a resolução do CONTRAN (Conselhor Nacional de Trânsito) nº 589/16, que está valendo desde o dia 28 de março de 2016, o transporte de bicicletas na traseira dos carros deve respeitar novas normas. Além de uma segunda placa traseira, que já era exigida, caso o rack atrapalhasse a visibilidade da original, agora também é necessário ter uma régua de sinalização na parte traseira do rack, caso as originais fiquem obstruídas.
Após nova resolução do CONTRAN, os racks de bicicleta precisam ter também régua de sinalização. FOTO: Reprodução Internet

Após nova resolução do CONTRAN, os racks de bicicleta precisam ter também régua de sinalização. FOTO: Reprodução Internet

A régua deve ter largura mínima de um metro e máxima baseada na largura do veículo. A superfície precisa estar coberta com faixas refletivas nas cores branca e vermelha, iguais às encontradas em para-choques de veículos de carga.
A segunda placa, por sua vez, precisa ser lacrada no centro da régua de sinalização ou na parte estrutural do carro em que estiver instalada, devendo ser colocada em local visível na parte direita da traseira.
Para quem quiser comprar acessórios para a bicicleta acesse o woohooshop.com.br e confira algumas opções.
Na Europa existem modelos de carros que saem de fábrica com um rack acoplado muito interessante. A estrutura fica sob o chassi do veículo, na parte traseira, e só sai quando acionada pelo motorista.
O rack tem capacidade para levar duas bicicletas com segurança e, pelo que vemos, ele atende a todas especificações de segurança.

bike-polo-2 bike-polo-3 bike-polo

Resolucao5892016

Resolucao5892016B

Tags:
COMPARTILHAR