AGUARDE
06 fevereiro 2019

O universo da animação no CCBB-RJ

Exposição da DreamWorks revela o processo de criação de alguns dos maiores filmes de animação

Foi aberta nessa quarta-feira, 6 de fevereiro, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, a mostra DreamWorks Animation: A Exposição - Uma Jornada do Esboço à Tela. Montada através de uma parceira entre DreamWorks Animation e o museu Australian Centre for the Moving Images, a apresentação reune mais de 400 itens do acervo do estúdio incluindo storyboards, máscaras, mapas, fotografias e artes originais de diversos filmes da DreamWorks.

A exposição tem diversas áreas interativas e promete atrair crianças e adultos. Foto: ACMI

Através dessa exposição, o visitante terá acesso a detalhes do processo de produção das obras, que mesmo sem aparecerem no corte final para o grande público, são passos indispensáveis que o produto final seja bem feito.

A parceria entre a DreamWorks, que tem o conhecimento do processo para realização das animações, com a ACMI, que tem o domínio em montar exposições informativas e interativas foi um sucesso tão grande em Melbourne, na Austrália, que o museu resolveu realizar uma mostra itinerante entre 2015 e 2020.

Antes de desembarcar no Brasil, a turnê dessa exposição já passou pela Nova Zelândia, Singapura, Coréia do Sul, México, Canadá e Taiwan. Do Rio de Janeiro, onde fica aberta ao público de forma gratuita até 15 de abril, a mostra DreamWorks Animation: A Exposição - Uma Jornada do Esboço à Tela segue para Belo Horizonte, em Minas Gerais, onde permanecerá de 15 de maio a 29 de junho. Perguntada sobre a possibilidade de levar a exposição para outros estados, Jeniffer McLaughlin, que é a produtora executiva responsável por trazer essa apresentação para o Brasil foi direta.

Infelizmente o nosso prazo para ter essa exposição no Brasil era esse, por isso não tínhamos como atender mais de dois CCBBs, quem sabe numa próxima oportunidade essa mostra não volte para outras partes do Brasil.

 

A EXPOSIÇÃO

Numa sessão restrita para a imprensa, Paul Bowers, Diretor de Exposições do Australian Centre for the Moving Images, explicou que a exposição original tem três sessões principais.

Em Characters (Personagens) é possível apreciar a evolução do que realmente confere vida aos filmes produzidos pelo estúdio DreamWorks Animation, do conceito original dos desenhos e sketches às personalidades totalmente construídas. Através das formas, da evolução dos desenhos, da troca entre desenhista e diretor é possível ver que na DreamWorks o personagem nasce após uma troca entre diversos setores do estúdio.

Acompanhar as etapas da construçnao do personagem dão a dimensão dos detalhes. Foto: ACMI

Em Story (Roteiro), por sua vez, será possível conferir o processo de construção de uma história completa, da inspiração ao desfecho. Telas digitais mostram os enredos originais de Shrek e Madagascar e também recrião uma sessão de brainstorming de Os Sem-Floresta. Assim como funcionários da DreamWorks são reunidos para convencimento de que determinado roteiro vale a pena, o visitante da exposição também entra nessa conversa como espectador e entende o quanto esse processo é extenso e cheio de detalhes.

Em World (mundo) o universo no em torno do personagem ganha importância. O estilo que pode ser fantasioso ou realista e o ambiente onde se desenrola a trama entram na história, assim como os sons, que muitas vezes passam desapercebidos, mas que são fundamentais para uma conclusão de sucesso do projeto. Ainda nessa sessão, o maior destaque é uma projeção de 180 graus, criada especialmente para a mostra, que leva o visitante a sobrevoar a cidade viking de Berk a partir das costas de um dragão.

A tela 180 está localizada no térreo do CCBB-RJ. Foto: ACMI

Na versão brasileira da mostra o público que for de forma gratuita ao CCBB ainda terá a oportunidade de colocar a mão na massa no Drawing Room (Quarto do desenho).Nessa área, computadores equipados com programas de animação em 2D permite ao público a experiência de realizar seu próprio curta. Para Paul Browers o objetivo dessa parte da exposição é plantar sementes em futuros animadores.

Quem sabe um dia a gente não vê algum vencedor do Oscar contando que se inspirou na mostra DreamWorks Animation: A Exposição - Uma Jornada do Esboço à Tela.

 

Serviço:

  • CCBB Rio de Janeiro — em exibição até 15 de abril

Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Quarta-feira a segunda-feira, das 9h às 21 horas
Entrada gratuita | Livre - Para retirar seu ingresso clique aqui.

 

  • CCBB Belo Horizonte — em exibição de 15 de maio até 29 de julho

Praça da Liberdade, 450, Funcionários
Entrada gratuita | Livre

 

A abertura da mostra DreamWorks Animation: A Exposição - Uma Jornada do Esboço à Tela foi tema exclusivo do Flash de informação que foi a ar no dia 6 de fevereiro.

 

Tags:
COMPARTILHAR