AGUARDE
09 março 2015

Principais promessas do cinema em 2015

Fique de olho nas novas produções.

O ano sempre começa movimentado para aqueles que acompanham os festivais de cinema, mas, depois da época de tapetes vermelhos, é hora de ficar ligado nas produções que ainda vão sair do forno. Se 2014 nos trouxe grandes filmes e disputas acirradas nas premiações, 2015 já está prometendo fortes emoções, principalmente para o Oscar.

Confira nossas apostas!

 

Leonardo DiCaprio

Leonardo DiCaprio

Após o sucesso de seu quarto trabalho com o diretor Martin Scorsese em “O Lobo de Wall Street” (2013), DiCaprio engatou em um projeto com o mexicano Alejandro González Iñárritu, vencedor do Oscar 2015 de Melhor Diretor por “Birdman”. O roteiro, escrito também por Iñárritu, se baseia no livro homônimo do escritor americano Michael Punke. Será que o diretor vai dar sorte para DiCaprio na disputa pela estatueta?

Outra aposta para a estrela de Hollywood é o filme “The Crowded Room”, sobre a história de Billy Milligan, um esquizofrênico que conseguiu se defender de acusações de estupro e roubo argumentando que os crimes foram cometidos por duas de suas 24 personalidades. Através de sua companhia Appian Way, Leonardo DiCaprio produzirá a adaptação da obra de Daniel Keyes, intitulada "The minds of Billy Milligan". Mais um papel de peso para sua carreira!

 

Steven Spielberg

Steven Spielberg

"Bridge of Spies" marca o reencontro cinematográfico de Spielberg com Tom Hanks. O longa é um drama que acompanha os esforços do famoso advogado e militar da reserva James B. Donovan pela libertação do piloto da CIA Francis Gary Powers, capturado durante um reconhecimento aéreo em território soviético. Seu último longa, "Lincoln", concorreu a 12 Oscars em 2013, vencendo dois deles: Melhor Ator, pela atuação de Daniel Day-Lewis, e Melhor Design de Produção. Não dá para não ficar ansioso com esse novo trabalho!

 

Quentin Tarantino

Quentin Tarantino

Os filmes de Quentin Tarantino sempre merecem atenção especial. Depois de "Django livre", o cineasta repete a dose e faz um novo filme de faroeste, com nomes como Channing Tatum e Samuel L. Jackson no elenco. A história se passa uma década após a Guerra Civil americana e, como sempre, com muito sangue. O lançamento está previsto para novembro.

 

Jennifer Lawrence

Jennifer Lawrence

Depois do sucesso de "O lado bom da vida" e "Trapaça", o diretor David O. Russell voltará a trabalhar com a dupla Jennifer Lawrence e Bradley Cooper, além de Robert de Niro, em "Joy". O filme contará a história de Joy Mangano, inventora e empresária americana, e deve ser lançado em dezembro.

 

Steve Jobs

Steve Jobs

Protagonizada por Michael Fassbender, que é um ator de destaque, a produção tem grandes chances de concorrer a algumas estatuetas. A direção é do premiado Danny Boyle, do "Quem Quer Ser um Milionário?", que assumiu a cadeira de diretor a partir do roteiro do também já vencedor do Oscar Aaron Sorkin, de "A Rede Social". Com um time desses, vai ser difícil a nova cinebiografia do fundador da Apple dar errado. Lançamento previsto para o início de outubro.

 

Suffragette

Suffragette

A história escrita por Abi Morgan sobre o início do movimento feminista terá nomes de peso no elenco: Meryl Streep, Helena Bonham Carter e Carey Mulligan. A trama gira em torno de uma jovem que fez parte dos primeiros movimentos feministas. Streep intepretará a ativista política Emmeline Pankhurst, uma das fundadoras do movimento britânico do sufragismo, que lutou pelo direito do voto para as mulheres. Sarah Gavron dirige o filme, que ainda não possui data de estreia.

 

The Danish Girl

The Danish Girl

No longa, Eddie Redmayne, vencedor do Oscar 2015 de Melhor Ator, vive a transexual Lili Elebe, conhecida como a primeira pessoa do mundo a se submeter a uma cirurgia de troca de sexo. As principais razões para o sucesso do filme, além da temática, são a presença do diretor Tom Hooper, de "O Discurso do Rei" e "Os Miseráveis", e de Redmayne, pela recente conquista do Oscar.

 

Carol

Carol

O longa é uma adaptação do livro "The Price of Salt", de Patricia Highsmith, escrito em 1952. Dirigido pelo Todd Haynes, que já recebeu uma indicação ao Oscar por "Longe do Paraíso"

Tags:
COMPARTILHAR