AGUARDE
11 julho 2019

Rachel Atherton e Loïc Bruni levam quarta etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike 2019

Parada aconteceu entre os dia 5 e 7 de julho, em Andorra

Pela primeira vez em 2019, os atletas das modalidades downhill e cross-country estiveram juntos em Vallnord, em Andorra, para mais uma etapa da Mountain Bike World Cup que rolou entre os dias 5 e 7 de julho. Não foi nada fácil vencer Copa de Ouro da Vallnord Mercedes-Benz UCI Downhil, a final foi disputada, mas quem levou foi Rachel Atherton e Loïc Bruni em meio a uma torcida eletrizante.

Os treinos e os dias de qualificação que antecederam a corrida foram secos, deixando uma pista empoeirada e em constante mudança com buracos e sulcos de cima a baixo. E isso tudo deixou o ajuste da bicicleta um desafio, já que a suspensão e as configurações devem manter a velocidade e a tração nas seções mais rápidas e planas, ao mesmo tempo em que manuseiam a implacável linha de queda no piso inferior.

Foi difícil se aproximar da atleta Hannah, atual líder do ranking, mas uma vez que Rachel entrou no caminho, ficou claro que, apesar de cometer falhas, ela estava pronta para assumir a liderança. Atherton se deu bem nos obstáculos aproveitando ao máximo a subida até o final e levou o hotseat e a vitória do dia.

"Era um trajeto super difícil. Todo mundo estava lutando e indo super rápido. Eu sabia que ia ser no limite e eu estava dando o meu máximo na última sessão. Eu não acreditei que dei conta."

Marine Cabirou, que conquistou o título de Campeão Mundial Júnior aqui em 2015, aproveitou a vantagem e subiu pra segunda colocação ficando apenas 2,4 segundos atrás da vencedora.

Na competição masculina, a pressão estava sobre Loïc Bruni como o último homem a descer a colina, mas o primeiro classificado e vencedor de duas Copas do Mundo em 2019, igualou a velocidade de Vergier, que ficou em segundo, abriu caminho nas seções mais difíceis e conseguiu tempo suficiente para cruzar a linha de chegada e garantir sua terceira vitória em 2019.

“Foi super assustador, honestamente. Eu tinha um bom top [seção] e eu estava falando comigo mesmo como "OK, é bom", eu me senti mais rápido do que ontem. Eu tive tantas chamadas de perto com árvores, com pontos de frenagem e eu segurei. É super-tight novamente, mas estou muito feliz. Foi muito bom competir. ”

Bruni agora detém a série masculina liderada por uma margem de 65 pontos de Troy Brosnan. Rachel Atherton reduz a liderança de Hannah para 30 pontos no feminino.

Resultado feminino:

1. Rachel Atherton GBR 5:00.622

2. Marine Cabirou FRA +2.497

3. Tracey Hannah AUS +7.131

4. Emilie Siegenthaler SUI +12.859

5. Eleonora Farina ITA +15.098

Ranking feminino:

1. Tracey Hannah AUS 790

2. Rachel Atherton GBR 730

3. Marine Cabirou FRA 640

4. Nina Hoffmann GER 585

5. Veronika Widmann ITA 407

Resultado masculino:

1. Loïc Bruni FRA 4:11.055

2. Loris Vergier FRA +0.423

3. Troy Brosnan AUS +1.202

4. Amaury Pierron FRA +2.948

5. Danny Hart GBR +5.595

Ranking masculino:

1. Loïc Bruni FRA 765

2. Troy Brosnan AUS 700

3. Amaury Pierron FRA 605

4. Danny Hart GBR 565

5. Loris Vergier FRA 482

Foto: Red Bull

Tags:
COMPARTILHAR