AGUARDE
28 agosto 2018

Rachel Atherton mantem hegemonia no mountain bike downhill

Britânica supera compatriota e garante o sexto título da carreira

A expectativa para a etapa que encerrou a temporada de 2018 da Copa do mundo de mountain bike downhill era grande, mas a chuva ofuscou um pouco o espetáculo e exigiu atenção e técnica dos bikers. 

A disputa, que aconteceu em La Bresse, na França, definiu o título feminino já que entre os homens Amaury Pierron conquistou o maior caneco na prova anterior. 

Com 110 pontos dividindo na ponta do ranking as britânicas Tahnee Seagrave e Rachel Atherton as emoções foram intensas até a volta decisiva. 

Na bateria final, Rachel Atherton foi a primeira a descer e com experiência e confiança ela imprimiu um bom ritmo ainda no topo da pista. Na parte dos saltos, a inglesa mostrou que os treinamentos no norte do País de Gales, onde ela mora, fazem a diferença nessas condições, e mais uma vezes se destacou até cruzar a linha de chegada com o tempo de dois minutos, 51 segundos e 421 centésimos. 

Essa volta colocou Rachel Atherton não só na primeira posição da prova, como também como campeã da Copa do mundo de mountain bike dowhill 2018.

Sem muito o que fazer em relação ao título mundial, Tahné Seagrave focou no objetivo dela na França e até conseguiu uma boa descida, mas não o suficiente para tirar de Rachel a 3ª vitória dela na temporada e 37ª na Copa do mundo de mountain bike downhill. 

Com esse sexto troféu consecutivo, Rachel se confirma como a maior nome do mountain bike downhill da atualidade. 

ELITE MASCULINA

Entre os homens, a decisão começou justamente quando a chuva ficou mais intensa. Mas isso não foi obstáculo para o belga Martin Maes, que na verdade é piloto do Enduro World Series e disputa apenas algumas etapas da Copa do mundo de downhill. O ponto alto do piloto, que completou o percurso em 2 minutos, 26 segundos e 841 centésimos, foi a parte plana e a descida na sequência. 

Apesar do feito de Martin, os admiradores do mountain bike downhill acreditavam que ele seria superado em especial por Gee Atherton, que havia feito o melhor tempo na fase qualificatória. 

Tudo parecia sair como o previsto, já que o britânico completou as três primeiras partes da pista com o melhor tempo, mas foi na parte de baixo da pista que o biker se enrolou e acabou atrás de Martin Maes.

O terceiro lugar ficou com Brook MacDonald, da Nova Zelândia. o campeão da Copa do mundo de mountain bike downhill Amaury Pierron, perdeu o controle numa curva e acabou amargando uma décima posição. 

Vale lembrar que o Brasil não contou com participantes na sétima etapa da Copa do mundo de mountain bike downhill.

FOTOS: RED BULL

 

 

 

Tags:
COMPARTILHAR