AGUARDE
10 maio 2017

Sarah-Quita Offringa vence PWA na Coreia do Sul

Evento masculino ficou sem campeão definido por falta de vento

Mesmo sendo considerado um dos melhores picos do oriente para a prática de windsurf, dessa vez as condições em Ulsan, na Coreia do Sul, não favoreceram os competidores da primeira etapa do circuito mundial da modalidade na categoria slalom. Durante os 6 dias de janela do evento, o vento soprou fraco e acabou frustrando os windsurfistas que aguardavam ansiosos para estrear no circuito de 2017 do PWA.

No penúltimo dia, as coisas melhoraram um pouco e as meninas entraram em ação. Quem garantiu a vitória foi a atual campeã mundial Sarah-Quita Offringa, que teve um início de temporada perfeito para a defesa de seu título. A turca Lena Erdil perseguiu de perto Offringa em uma disputa emocionante, mas acabou ficando com o segundo posto na batalha. Marion Mortefon mostrou que está voltando à forma, depois de computar seu melhor resultado desde 2015 e conquistar um satisfatório terceiro posto na disputa.

Vencer o primeiro evento de 2017 é realmente muito bom. Especialmente por ser só uma corrida... É "faça, ou morra". Ou você perde ou você ganha.

 
Com a falta de condições ideais, a divisão masculina terminou sem resultados, deixando os homens com um sabor amargo na boca, como declarou Sebastian Kördel:
 

Foi muito decepcionante porque agora ficamos sem resultado. A gente lutou a semana toda por isso e agora ficar sem nada não é bom, né?

 

A próxima parada do PWA na categoria Slalom acontece na Praia Tsukuihama na cidade de Yokosuka, no Japão, entre os dias 11 e 16 de Maio.

 

 

Tags:
COMPARTILHAR