AGUARDE
30 agosto 2018

Silvana Lima está nas quartas de final em Pantin

Brasileira volta a competir e garante vaga nas quartas de final no último QS 6 mil do ano

No segundo dia de competição do QS feminino de Pantin, a organização definiu nessa quinta-feira, 30 de agosto, as oito finalistas. Entre elas está a cearense Silvana Lima, que voltou a competir após sofrer uma lesão no joelho em Jeffrey’s Bay, na África do Sul. 

A surfista que se prepara para uma nova cirurgia, optou por focar no QS para garantir a permanência dela na elite. Atual número 11 no ranking do CT e 6ª colocada no ranking do QS, Silvana está competindo no limite para ficar tranquila na reabilitação.

O último evento de nível 6 mil do QS feminino atraiu muitas tops da elite e elas dominam o dia decisivo do Pantin Pro. Isso porque das oito surfistas com chances de vencer na Espanha, seis são integrantes da elite: Sage Erickson, Nikki Van Djik, Silvana Lima, Paige Hareb e Coco Ho.

Além do QS feminino, Pantin também sedia um confronto de nível 3 mil do QS masculino. Essa disputa, que estreou em ondas consistentes na terça-feira, 28 de agosto, está paralisada na quarta bateria da quarta fase. 

 

PRO JR

Antes da turma do QS entrar em cena em Pantin, na Espanha, os surfistas com menos de 18 anos disputaram um desafio Pro Junior. Entre os homens, a França dominou a final com Mathis Crozon e Tiago Carrique.  Após abrir a bateria decisiva com um 7.17, Mathis se mostrou tranquilo e com uma boa tática de competição ainda conseguiu arrancar um 7.77 dos juízes para vencer sem dificuldades Tiago. 

Apesar da conquista de Mathis, o campeão Pro Junior europeu de 2018 foi outro francês Marco Mignot, que encerrou a participação dele nesse evento na terceira colocação ao lado do brasileiro Vitor Ferreira. 

Entre as meninas sub-18, festa para Gabriela Bryan, que venceu a prova, e para Nadia Erostarbe que ficou com o caneco de campeã Europeia Junior. 

A espanhola Nadia era a mais cotada nas salas de apostas para vencer esse desafio, principalmente depois que ela assegurou, ao vencer a bateria dela nas quartas de final, o título europeu. Porém, Nadia perdeu na semi para Juliette Lacome, enquanto Gabriela barrou a japonesa Amuro Tsuzuki na segunda semi. Na finalíssima, Gabriela venceu e surpreendeu.

 

A janela de espera do Pantin Pro segue até domingo dois de setembro.

Tags:
COMPARTILHAR