AGUARDE
11 outubro 2018

Stephanie e Lakey levam disputa do título para o Havaí

Australiana perdeu grande chance de se tornar heptacampeã mundial na etapa da França

A quinta-feira foi de drama e eliminações surpresas em Hossegor, na França, palco da 9ª prova do Championship Tour 2018. A World Surf League finalizou a terceira fase do evento masculino e feminino e a grande notícia é que a briga pelo título mundial das mulheres nessa temporada ficou para a última etapa do ano em Honolua Bay, na ilha de Maui.


Stephanie vai disputar o caneco no Havaí. (Foto: WSL/Damien Poullenot)

STEPHANIE DESAPONTADA

A australiana Stephanie Gilmore, que poderia garantir o sétimo título dela e se igualar à recordista de canecos Layne Beachley, perdeu uma grande oportunidade ao ser eliminada na terceira rodada pela norte-americana Courtney Conlogue e pela havaiana Malia Manuel. Mesmo com a maior nota da bateria, um 8,27, a aussie não conseguiu imprimir outro bom desempenho nas ondas de Les Culs Nus e deu adeus à chance de ser coroada heptacampeã mundial por antecipação. Visivelmente chateada após a bateria, ela não escondeu as lágrimas ao dar entrevista para Peter Mel, na transmissão da WSL.

Tem muita pressão, eu encontrei a Lakey e nós rimos juntas porque nós duas levamos um choque, né? Eu vou ficar um tempo na Austrália, depois chegar cedo no Havaí e surfar bastante. Voltar mais forte, revelou a hexacampeã do mundo.

Única adversária da hexacampeã mundial de surfe, a norte-americana Lakey Peterson competiu no embate seguinte e também se despediu da 9ª etapa do Tour. A yankee foi superada pela havaiana Coco Ho e pela australiana Bronte Macaulay e agora sonha com a última chance de conquistar o primeiro título mundial da carreira no Havaí. A defensora do título dessa etapa, a havaiana Carissa Moore, segue viva na disputa assim como a brasileira Tatiana Weston-Web, ambas classificadas para as quartas de final.

Os homens também foram para a água e só um brasileiro competiu em Hossegor hoje. O cearense Michael Rodrigues abriu os duelos restantes da terceira fase masculina e despachou o havaiano Ezekiel Lau depois de mandar um aéreo de rotação completa muito alto.

O australiano Mikey Wright eliminou o campeão do mundo em 2012, Joel Parkinson, que vai se aposentar das competições em dezembro. Na sequência, o estreante na elite Patrick Gudauskas superou o compatriota Kolohe Andino, que contabilizou apenas uma nota pois cometeu interferência no adversário. O penúltimo confronto do dia colocou frente a frente o havaiano Sebastian Zietz e a nova geração representada por Griffin Colapinto. O estreante no circuito perdeu para Sebastian, que virou a bateria na última onda surfada. Fechando a quinta-feira de competições na França, o australiano Julian Wilson, atual terceiro colocado no ranking do CT, avançou para a quarta fase ao derrotar o prata da casa Joan Duru.

 

 

Faltam apenas 18 baterias para conhecermos os campeões do CT da França e uma nova chamada está marcada para essa sexta-feira, às 7h45 na França, 2h45 da madrugada no horário de Brasília.

Tags:
COMPARTILHAR