AGUARDE
12 novembro 2018

Tragédia no Mundial de Skate Downhill

Promessa nacional da modalidade, Alysson Pastrana, de apenas 18 anos, se chocou com moto da organização do evento e não resistiu aos ferimentos.

O visual da vista chinesa, um dos pontos turísticos mais populares do Rio de Janeiro, impressionava. O céu azul e sol forte após dias de Chuvas, tornavam as condições perfeitas para a prática do esporte. As expectativas eram as melhores possíveis, mas ninguém poderia imaginar o final trágico que teria a etapa de encerramento do mundial de skate downhill, na tarde desse domingo, dia 11 de novembro de 2018.  O skatista catarinense Alysson Pastrana, estaria a quase 90km/ por hora em uma descida durante a  ultima bateria das quartas de final da disputa , quando, na ultima curva, se chocou com uma moto da organização, que fazia o caminho contrário, numa velocidade media de 60 km por hora. Pastrana não resistiu aos ferimentos. 

Além de Alysson, o americano Daniel Engel e os brasileiros Yan Bertinati e João Pedro Laporte também caíram e foram levados para o hospital, mas não correm risco de morte. Silon Garcia, outro skatista brasileiro, vinha na garupa da moto, mas conseguiu se jogar e evitar o ACIDENTE. Após o desastre, a competição foi cancelada pela Internacional Downhill Federation Segundo testemunhas, houve  falha grave da organização e a polícia já está investigando o Caso. 

Nascido em Santa Catarina e morador de Nova Hamburgo, no Rio grande do Sul, aos 18 anos de idade, Alysson era uma promessa na modalidade. Tricampeão brasileiro de downhill speed, o garoto expressava sua paixão  e conquistas nas redes sociais. Lugar, onde hoje, seus amigos e familiares tentam expressar o desolamento de sua perda e procurar algum conforto. A confederação brasileira de skate prestou condolências à família da vítima.

 

Tags:
COMPARTILHAR