AGUARDE
25 abril 2017

Trajetória de Caio Ibelli em Bells

O brasileiro é a pedra no sapato do atual campeão mundial, John John Florence.

Ao terminar em décimo terceiro colocado nas duas primeiras etapas do CT, Caio Ibelli não se sentiu abalado para disputar o terceiro e último evento da perna australiana; muito pelo contrário, a décima nona colocação no ranking lhe deu forças para uma performance de luxo em Bells Beach. No início, o universo parecia não conspirar tanto a seu favor; o brasileiro foi mandado para a repescagem e teve que enfrentar seu compatriota e estreante no tour, Ian Gouveia. Inspirado, Caio venceu com duas notas 8; e assim foi até a última bateria do evento. 

Na terceira fase, com um 9,13 pontos na sua segunda onda, ele eliminou Michel Bourez. Na bateria seguinte colocou Frederico Morais e Owen Wright na repescagem. Nas quartas venceu de novo em cima do português e nas semis mandou para casa o líder do ranking John John Florence. John John que quase tirou uma nota 10 na bateria foi eliminado pelo brasileiro que somou 17,63 pontos, apenas dois décimos a mais que o havaiano. 

Já se sentindo campeão, Caio entrou na bateria final com um sorriso no rosto e uma sensação de dever cumprido. E o fato de ter perdido para Jordy Smith na final, não diminuiu a felicidade do brasileiro que ainda conseguiu arrancar um 9,63 dos juízes e subiu 12 posições

Tags:
COMPARTILHAR