AGUARDE
16 junho 2016

Três brasileiros estão nas quartas do Fiji Pro

Os campeões mundiais Adriano de Souza e Gabriel Medina disputarão uma vaga na semifinal

A quinta-feira em Fiji amanheceu com ondas de cerca de 3 metros e a direção de prova logo colocou a quarta rodada na água. Assim como no dia anterior, o swell proporcionou condições perfeitas para definir quem são os oito surfistas que seguem vivos na competição.

Kelly Slater (EUA) / Foto: WSL

O nosso campeão mundial de 2014, Gabriel Medina, acordou inspirado e não perdeu tempo ao entubar duas vezes numa esquerda e tirar a primeira nota 10 do evento, mandando o havaiano Dusty Payne e o taitiano Michel Bourez para a repescagem. E o show de surfe estava apenas no começo porque na segunda bateria do dia, o mito norte-americano Kelly Slater mostrou o porquê de Fiji ser um dos seus lugares favoritos no mundo e entubou com maestria em Cloudbreak, conquistando a segunda nota 10 do dia e do evento. Antes disso, ele já computava um 9,77 e no apito final, os brasileiros Wiggolly Dantas e Adriano de Souza se encontravam em combinação.

Gabriel Medina (BRA) / Foto: WSL

Em seguida, o tricampeão mundial Mick Fanning fez o dever de casa e somou imbatíveis 18,07 pontos, mandando seu compatriota Josh Kerr e o brasileiro Jadson Andre para a repescagem. A quarta e última bateria dessa fase valia nada menos do que a liderança do ranking, já que se Matt Wilkinson vencesse a bateria, continuaria o número 1 da classificação geral. E foi exatamente o que aconteceu. Apesar do havaiano John John Florence ter surfado o melhor tubo da bateria, o ainda líder do ranking da elite conseguiu a vaga para as quartas de final por uma diferença de 13 centésimos.

Matt Wilkinson (AUS) / Foto: WSL

A quinta fase fechou o quarto dia de ação no Fiji Pro. Na primeira disputa, o atual campeão mundial Adriano de Souza conseguiu superar o havaiano Dusty Payne e vai enfrentar seu compatriota Gabriel Medina nas quartas. Na sequência, o paulista Wiggolly Dantas, mais uma vez, usou com inteligência a sua prioridade e conseguiu avançar na competição, eliminando o taitiano Michel Bourez que cometeu interferência. Guigui encara o 11 vezes campeão mundial nas quartas. Em seguida, dois australianos disputaram a penúltima vaga da próxima fase. Adrian Buchan conseguiu somar 15,67 em cima dos 10,66 pontos de Josh Kerr e eliminou seu compatriota. O último embate do dia colocou John John Florence e Jadson Andre na água. Sem nenhuma dificuldade, o havaiano despachou o brasileiro e avançou na competição.

John John Florence (HAV) / Foto: WSL

O grande dia final será nessa sexta-feira em Fiji, fim da tarde de quinta aqui no Brasil, então não perca o Woohoo News dessa sexta e conferir os últimos momentos do Fiji Pro 2016.
 
Quartas de final:
1: Gabriel Medina (BRA) x Adriano de Souza (BRA)
2: Kelly Slater (EUA) x Wiggolly Dantas (BRA)
3: Mick Fanning (AUS) x Adrian Buchan (AUS)
4: Matt Wilkinson (AUS) x John John Florence (HAV)

Tags:
COMPARTILHAR