AGUARDE
08 setembro 2015

Tubarões atacam novamente

Registros recentes assustam surfistas na Austrália e na Califórnia

Registros de ataques de tubarão estão se tornando tão frequente que já fazem parte dos sites de notícias toda semana. Seguem mais três casos desagradáveis que servem para deixar os frequentadores dos sete mares em alerta.

Zuma Beach

No último final de semana, em Zuma Beach, um caiaque foi atacado por um tubarão-martelo. Dois caras estavam pescando e perceberam que um tubarão estava de olho neles. A fera sumiu por alguns minutos e um deles achou que seria seguro molhar o pé. Em poucos segundos ele foi mordido e precisou ser socorrido pela Guarda Costeira. Ele foi levado de helicóptero para o hospital, passou por uma cirurgia e passa bem. Chris Low, diretor do laboratório de tubarões da Cal State Long Beach, disse que os tubarões estão se aproximando da costa sul da Califórnia por causa do El Niño.

Equipe de resgaste trabalhando em New South Wales

Na última sexta-feira, em Black Head Beach, na Austrália, David Quinlivan foi derrubado da prancha e teve o pé e a perna mordidos. David, de 65 anos, estava sozinho e teve que nadar para a praia. Os médicos chegaram rapidamente, ele também foi levado por um helicóptero para o hospital e se salvou. Mike Baird, Premier de New South Wales, ficou assustado com mais um ataque na região:

“Nunca tivemos tantas ocorrências. Teremos que tomar providências imediatas.

Nesta segunda-feira, o surfista Justin Daniels foi mordido na mão e derrubado de sua prancha em Shelly Beach, também em New South Wales. Justin deu sorte e precisou de apenas alguns pontos.

Shelly Beach
Tags:
COMPARTILHAR