AGUARDE
10 junho 2015

Tudo o que rolou no TONY AWARDS 2015

O maior prêmio internacional de teatro parou a cidade de Nova York

O maior prêmio dado no teatro dos Estados Unidos, equivalente ao Oscar no cinema, Grammy na música e Emmy na televisão, finalmente aconteceu. No dia 7 de junho os melhores do ramo se reuniram em Nova York para a cerimônia anual que premia 26 categorias gerais e outras 4 categorias especiais.

O mais aclamado da noite foi Fun Home. O espetáculo venceu o prêmio de melhor musical e em mais outras quatro categorias, incluindo melhor direção. O espetáculo, muito aclamado pelo público e pela crítica, é baseado no best-seller de Alison Bechdel e conta a história de uma menina lésbica em três fases diferentes de sua vida e a relação com sua família.

O musical Fun Home é sucesso no mundo todo.

O musical Fun Home é sucesso no mundo todo.

A veterana atriz, Helen Mirren, levou o Tony de Melhor Atriz por sua interpretação da rainha Elizabeth II em The audience. O papel já havia rendido um Oscar para a atriz em 2007 pelo filme “The Queen”.
O ator britânico Richard McCabe, que também atua em The Audience como o primeiro-ministro Harold Wilson, também foi premiado.

The Audience voltou para casa com dois prêmios.

The Audience voltou para casa com dois prêmios.

 

The Curious Incident of The Dog in The Night-time, adaptação do livro de Mark Haddon (“O estranho caso do cachorro morto” no Brasil) pelo Teatro Nacional de Londres, venceu em cinco das seis categorias a que havia sido indicada, incluindo melhor peça, ator e diretor.

O livro conta a história de Christopher Boone, um jovem gênio da matemática de 15 anos com síndrome de Asperger que inicia uma investigação após a morte do cachorro de um vizinho.

O musical venceu quase todos prêmios a que foi indicado.

O musical venceu quase todos prêmios a que foi indicado.

Skylight, com os britânicos Bill Nighy e Carey Mulligan, venceu o Tony de melhor adaptação de uma obra. O musical An American in Paris, adaptado do filme de mesmo nome, e uma versão de The King and I venceram em quatro categorias.

O musical An American In Paris é uma adaptação do filme de 1951.

O musical An American In Paris é uma adaptação do filme de 1951.

Confira a relação completa dos vencedores do Tony Awards 2015:

Melhor Peça: The Curious Incident of the Dog in the Night-Time
Melhor Musical: Fun Home
Melhor Ator: Alex Sharp, The Curious Incident of the Dog in the Night-Time
Melhor Atriz: Helen Mirren, The Audience
Melhor Ator de Musical: Michael Cerveris, Fun Home
Melhor Atriz de Musical: Kelli O’Hara, The King and I
Melhor Peça Remontada: Skylight
Melhor Musical Remontado: The King and I
Melhor Diretor: Marianne Elliott, The Curious Incident of the Dog in the Night-Time
Melhor Diretor de Musical: Sam Gold, Fun Home
Melhor Ator Coadjuvante: Richard McCabe, The Audience
Melhor Atriz Coadjuvante: Annaleigh Ashford, You Can’t Take It With You
Melhor Ator Coadjuvante de Musical: Christian Borle, Something Rotten
Melhor Atriz Coadjuvante de Musical: Ruthie Ann Miles, The King and I
Melhor Iluminação: Paule Constable, The Curious Incident of the Dog in the Night-Time
Melhor Iluminação de Musical: Natasha Katz, An American in Paris
Melhor Cenografia: Bunny Christie and Finn Ross, The Curious Incident of the Dog in the Night-Time
Melhor Cenografia de Musical: Bob Crowley, An American In Paris
Melhor Figurino: Christopher Oram, Wolf Hall Parts One and Two
Melhor Figurino de Musical: Catherine Zuber, The King and I
Melhore Orquestra: Chris Austin, Don Sebesky & Bill Elliott, An American In Paris
Melhor Coreografia: Christopher Wheeldon, An American in Paris
Melhor Trilha Sonora: Jeanine Tesori and Lisa Kron, Fun Home
Melhor Livro: Lisa Kron, Fun Home
Prêmio Isabelle Stevenson: Stephen Schwartz

 

Tags:
COMPARTILHAR