AGUARDE
14 maio 2017

Tyler Wright é a campeã do Oi Rio Pro 2017

A australiana derrotou a francesa Johanne Defay e agora divide a liderança com Stephanie Gilmore

O domingo, 14 de maio, foi de decisão para as mulheres e praia lotada em Itaúna, Saquarema. O dia começou com as semifinais e na primeira bateria a francesa Johanne Defay eliminou a australiana Nikki Van Dijk. Em seguida Tyler Wright manobrou forte e somou 17,87 pontos de 20 possíveis para derrotar sua compatriota Sally Fitzgibbons. A irmão de Owen começou a final com um 7,50 e minutos depois, ela destruiu uma direita e arrancou 9,67 dos juízes, deixando a francesa Johanne precisando de uma combinação de notas durante boa parte da bateria.

 


Tyler pulou duas posições no ranking do circuito. (Foto: WSL/Poullenot)

Depois da vitória de Tyler no Oi Rio Pro, a direção de prova colocou as baterias da quarta fase masculina na água. Na primeira disputa, três brasileiros: Adriano de Souza, Wiggolly Dantas e Gabriel Medina. Mineirinho encontrou uma boa esquerda em Itaúna e avançou direto para as quartas de final.

 


Adriano foi melhor no embate brasileiro desse domingo. (Foto: WSL/Poullenot)

Em seguida, o australiano Mick Fanning mostrou a que veio e jogou o brasileiro Yago Dora e o australiano Joel Parkinson para a repescagem. O terceiro embate do dia teve a surpreendente vitória do aussie Adrian Buchan, que vem fazendo o melhor resultado da temporada até o momento. Por fim, a última disputa do dia contou com Owen Wright, Kanoa Igarashi e Julian Wilson. Inspirado pela vitória da irmã, Owen somou 17,23 pontos e garantiu vaga direta nas quartas. Vale lembrar que o australiano é um dos dois únicos surfistas que podem tirar a lycra amarela de John John Florence no Brasil. Para isso, precisa chegar até as semifinais da etapa brasileira do CT. 

 


Mick Fanning fez o maior somatório da quarta fase. (Foto: WSL/Poullenot)

Tags:
COMPARTILHAR