AGUARDE
23 junho 2016

Vencedores do 27º Prêmio da Música Brasileira

Zélia Duncan fatura 3 troféus por ‘'Antes do mundo acabar”

A 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira foi realizada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro na última quarta-feira. O grande homenageado dessa edição do evento foi o cantor e compositor Gonzaguinha [1945-1991], que completaria 71 anos de vida em 2016. O homenageado da noite ganhou diversos tributos de artistas. Vale destacar a participação de Júlio Andrade, que viveu o compositor no filme Gonzaga – Pai e filho (2012), e do cantor Criolo, que foi aplaudido de pé após presentear público com um improviso em que criticou a homofobia, o racismo e o machismo.

Criolo foi aplaudido de pé no Theatro Municipal

O prêmio contou com 16 categorias e o grande destaque da noite foi a cantora Zélia Duncan, que levou três trofeus pelo elogiado álbum “Antes do Mundo acabar”. Na categoria Pop o cantor Lenine foi o vencedor, enquanto Gal Costa comemorou o prêmio de melhor cantora.

Lenine levou o prêmio de melhor cantor Pop

Veja os vencedores:

Canção popular

Melhor cantor: Roberto Carlos (‘Primeira Fila’)

Melhor álbum: ‘Do tamanho certo para o meu sorriso’, de Fafá de Belém, produtores Felipe Cordeiro e Manoel Cordeiro

Melhor grupo: Jamz (‘Insano’)

Melhor cantora: Fafá de Belém (‘Do tamanho certo para o meu sorriso’)

Melhor dupla: Chitãozinho e Xororó (‘Tom do Sertão’)

 

Pop/rock/reggae/hip-hop/funk

Melhor cantor: Lenine (‘Carbono’)

Melhor álbum: ‘A Mulher do Fim do Mundo’, de Elza Soares, produtor Guilherme Kastrup

Melhor grupo: Titãs (‘Nheengatu – ao vivo’)

Melhor cantora: Gal Costa (‘Estratosférica’)

 

Categoria MPB

Melhor álbum: ‘Dois Amigos, um século de música’ de Caetano Veloso e Gilberto Gil

Melhor Cantor: Caetano Veloso (‘Dois Amigos, um século de música’)

Melhor cantora: Virginia Rodrigues (‘Mama Kalunga’)

Melhor grupo: Dônica (‘Continuidade dos Parques’)

Caetano Veloso e Gilberto Gil, vencedores da categoria melhor álbum de MPB

Categoria samba:

Melhor álbum: "Antes do mundo acabar", de Zélia Duncan, produtora Bia Paes Leme

Melhor cantor: Alfredo Del-Penho ("Samba Sujo")

Melhor cantora: Zélia Duncan ("Antes do mundo acabar")

Melhor grupo: Moacyr Luz e Samba do Trabalhador ("Moacyr Luz e Samba do Trabalhador – 10 anos e outros sambas")

 

Regional

Melhor cantor: Xangai (‘Xangai’)

Melhor cantora: Elba Ramalho (‘Cordas, Gonzaga e Afins (Sagrama e Encore)’)

Melhor dupla: ALmir Sater e Renato Teixeira (‘AR’)

Melhor álbum: ‘Cordas, Gonzaga e Afins (Sagrama e Encore)’, de Elba Ramalho Produtores: Sergio Campello e Tostão Queiroga

Melhor grupo: Ilê Aiyê (‘Bonito de se Ver’)

 

Categoria melhor canção

‘Antes Do Mundo Acabar’, de Zeca Baleiro e Zélia Duncan, intérprete Zélia Duncan (CD ‘Antes do mundo acabar’);

 

Confira a lista completa dos vencedores: http://www.premiodamusica.com.br

Tags:
COMPARTILHAR