AGUARDE
03 setembro 2018

Wesley Dantas vence pela primeira vez na WSL

Coco Ho e Wesley Dantas garantem títulos do QS de Pantin

Chegou ao fim no último domingo, 2 de setembro, a passagem da World Surf League por Pantin, na Espanha. O dia decisivo começou com boas ondas de uns dois metros, mas no decorrer das baterias as condições forma caindo, mas nada que tirasse o brilho das vitórias de Coco Ho e Wesley Dantas. 

O brasileiro, que nunca tinha vencido um evento da World Surf League, apostou nos aéreos para superar na finalíssima o Carlos Muñoz. Mas o caminho até o andar mais alto do pódio não foi fácil. Contra Lucas Silveira nas quartas de final, Wesley empatou no placar com 15.50 pontos, mas levou a melhor, porque tinha a maior nota. 

Na semifinal, Wesley teve um embate arrastado contra Ethan, mas o ubatubense fez milagre ao encontrar uma onda que lhe rendeu um 9 e meio. Contra Carlos na decisão, mesmo sem nenhuma atuação impressionante, Wesley foi melhor e somou 3 mil pontos, que fizeram a diferença para o brasileiro no ranking. Outro brasileiro que foi bem em Pantin foi Alejo Muniz, que parou na semifinal. 

Já no desafio feminino, que tinha 6 mil pontos em jogo, o grande destaque foi a presença de muitas tops da elite na disputa. E foram justamente as melhores do mundo que dominaram o evento. Na decisão duas tops do CT se enfrentaram Sage Erickson e Coco Ho. Defendendo o título da prova, Coco venceu com um placar de 12.70 pontos contra 11.80 da americana. 

Para chegar na finalíssima, Sage eliminou a havaiana que agora defende a bandeira do Japão Mahina Maeda, enquanto Coco barrou a neozelandesa Paige Hareb. Por falar na Paige, ela foi a responsável pela eliminação da brasileira Silvana Lima na quinta posição. 

Depois desse evento 6 mil de Pantin, a próxima e última parada da divisão de acesso das mulheres a distribuir essa pontuação máxima vai acontecer entre os dias 8 e 13 de novembro na praia de Birubi, em Port Stephens, na Austrália. 

Fotos: WSL

Tags:
COMPARTILHAR