AGUARDE
19 outubro 2016

WSL anuncia Saquarema como palco da etapa brasileira do CT 2017

Um dos motivos da mudança foi a já falada má qualidade da água do Postinho, na Barra da Tijuca

A World Surf League anunciou no fim da manhã dessa quarta-feira, 19 de outubro, que a etapa brasileira do circuito da elite do surfe mundial em 2017 não será na praia do Postinho, na Barra da Tijuca. A nova sede da WSL terá como cenário a famosa praia de Itaúna, na cidade de Saquarema, localizada na Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. Os principais motivos que fizeram a entidade máxima do surfe mudar de local foram a má qualidade da água - que deu o que falar nas últimas etapas - e a qualidade também das ondas do pico.


As ondas da praia de Itaúna sempre agradam os surfistas. (Foto: Basilio Ruy)

Como o próprio apelido já diz, "Maracanã do Surf", a praia de Itaúna já recebeu os surfistas da elite no ano de 2002, mas de lá para cá, costuma ser palco de uma etapa de nível 10 mil do Qualifying Series. Vale lembrar que esse ano ela não aconteceu devido à falta de pagamento da etapa do ano anterior, mas, felizmente, em 2017, ela vai voltar com o status de sede da etapa brasileira do Championship Tour.

Os atletas serão beneficiados com a consistência e o potencial para ondas excelentes na Praia de Itaúna. O Postinho era muito legal, mas não tivemos muita sorte com as ondas lá e a qualidade da água recentemente tem sido um desafio muito grande. Estamos comprometidos em manter o Circuito Mundial no Brasil e muito animados com a oportunidade de realizar mais um evento memorável para os fãs do mundo inteiro, afirmou o comissário da WSL, Kieren Perrow.

A notícia foi bastante comemorada pela comunidade brasileira do surfe. Um dos fundadores do Canal Woohoo e lenda do surfe, Ricardo Bocão, vibrou com a mudança.

Finalmente as minhas preces e de muitos no Brasil foram ouvidas! Saquarema vai receber uma etapa da elite mundial, na melhor época do circuito em 40 anos! Morei na cidade um ano e meio, entre 1975 e 1977, quando montei com o Betão uma fábrica de pranchas de surf para viver. Na verdade, fomos pra lá atrás de ondas grandes e consistentes. Posso afirmar, sem querer desmerecer nenhum pico de surf, e sem medo de errar: Saquarema, com os dois cantos da Praia de Itaúna e a Praia da Vila, tem as melhores e maiores ondas do Brasil para um campeonato da elite mundial! Como todo lugar no mundo, pode ter um ou outro ano fraco no período de espera, mas a médio prazo vai se confirmar, com sobra, o acerto da decisão. Vou sonhar hoje à noite com um swell de sul com 8 a 10 pés na Barrinha durante dois dias, virando na sequência para Sudeste/Leste com 6 a 8 pés no canto esquerdo.

O paulista e integrante da elite, Alex Ribeiro, foi o mais recente vencedor nas ondas de Itaúna. 

 

Tags:
COMPARTILHAR